Garotas Modernas Garotas Modernas

Havainas são a febre das fashionistas na Semana de Moda de Copenhagen

Imagens: Vogue | Christian Rig

Acho que são poucos os brasileiros que nunca usaram uma Havaianas na vida.
E agora eis que o chinelo de borracha que "não tem cheiro nem solta as tiras" se tornou o queridinho das fashionistas dinamarquesas (e de outras nacionalidades).

com calça ou vestido fluido
 acompanha o xadrez da Burberry e a oncinha

Em julho os chinelos apareceram na sua versão original (sola branca e tiras azuis) nos pés da jornalista francesa e sensação do Instagram Sophie Fontanel que usou seu par de sandálias brasileiras com camisa vintage Yves Saint Laurent, saia Céline, óculos de sol Louis Vuitton e sacola Dior para ir ao desfile da Fendi na Semana de Moda Masculina em Milão. O fotógrafo Phil Oh, da Vogue  postou sua foto com a nota: "melhores sapatos" em maiúsculas. 


Durante a Semana de Moda de Copenhagen, que aconteceu entre 07 e 10 de agosto, o sapato mais fotografado nas ruas da capital da Dinamarca foram os chinelos Havaianas, tendência que pode ter ganhado força com a co-fundadora do site de Marketing de Influência Social Zoo e diretora de criação Pernille Teisbaek (adoro o estilo dela). 

Pernille Teisbaek com vestido de seda e Havaianas verde e amarelo

Ela tem usado suas Havaianas nas últimas duas temporadas e as usou nos shows de alta costura do outono de 2018 em Paris e contou para a Vogue americana que “Na verdade, eu usei os chinelos durante a alta-costura porque eu tive tantas bolhas nos pés na primeira noite que acabei atrasado para o show da Miu Miu”, ela diz. “Eu não tive outra escolha a não ser usar os chinelos, e eles estavam tão confortáveis ​​que acabaram de ficar presos em meus pés durante todo o verão.”

de vestido tipo chemise e bolsa Gaia de bambu, outro hit do verão europeu
A estilista Emili Sindlev com saia longa e a Saddle Bag, a icônica bolsa da Dior que acabou de voltar dos anos 2000 e sobre a qual falei aqui

Se foi apenas pelo conforto ou por uma esperta jogada de marketing da mais global das marcas brasileiras, é certo que veremos muitas e muitas Havaianas desfilando nos pés das mais fashionistas pelo mundo afora.
De calçado humilde para matéria na Vogue EUA. Quem diria!

Luz de velas

Adoro as velas da marca americana Voluspa e amei o cheiro desta da foto, a Aurantia &Blackberrie da maravilhosa coleção New Vermeil. Acho que esta é uma das mais lindas e cheirosas já lançadas, toda a coleção vem em caixas metalizadas e as velas são acondicionadas em potes de vidro com tampa.
Ela tem um aroma que varia entre o cítrico e o frutado de aurantia, amoras maduras e açai, tem duração de 60 horas e é produzida artesanalmente com óleos de coco e damasco. Encontrei a minha em Floripa na fofíssima Loja Jasmim.

Ortorexia: quando a obsessão pela comida saudável vira doença


Para a vida mais saudável que tal fazer as pazes com a comida?
Todos os modismos com a alimentação tem aumentado os casos de ortorexia no Brasil e no mundo. 
A ortorexia, junção das palavras gregas “orexsis” (apetite) e “orthós” (correto) é a obsessão pela pureza do que se come, onde a pessoal pode restringir grupos inteiros de alimentos sem que exista uma causa médica para tal. 
Embora ainda não faça parte da lista oficial de transtornos alimentares, para o ortoréxico, não seguir uma dieta regrada é sinônimo de pouca ou nenhuma força de vontade e uma vergonha - ele leva suas refeições prontas para eventos sociais ou simplesmente não se alimenta fora de casa.
A alimentação passa a ter papel central na vida da pessoa (que muitas vezes também apresenta a vigorexia - quando há obsessão pelos exercícios físicos) e em geral o fato de a sociedade classificar o comportamento como "saudável". "exemplo a ser seguido", "uma inspiração", estimula ainda mais a restrição alimentar de quem leva a alimentação saudável à um extremo que nada tem a ver com saúde.
O problema não comer de forma saudável, obviamente, mas entender que comida não apenas feita de nutrientes e calorias. Todo o comportamento compulsivo, seja de comer junk food regularmente ou se alimentar só com comidas sem glúten, sem lactose, sem gorduras, etc sem razão médica (como doença celíaca) é ir aos dois extremos do que seria bom para a saúde física e mental.
A comida sempre foi uma forma de reunir nós seres humanos em momentos de celebração e comer um bolo com amigos jamais será o mesmo que dividir uma tigela de brócolis.
Não devemos comer bolo com recheio de brigadeiro todo santo dia, mas de vez em quando ele pode alimentar a alma. A não ser quer você tenha MESMO alergia ao leite ou ao glúten um pedaço de bolo não vai matar você.
Coma sua fatia de bolo. Dieta restritiva não pode ser saudável. 

Marla Aaron - joia com significado








Quem como eu ama joias e adora o Instagram (o nosso é @garotasmodernas) pode já ter se deparado com as criações da designer de joias Marla Aaron (@marlaaaron), que encontrou nas ferragens pesadas, como cadeados e mosquetões a inspiração para suas peças maravilhosas.
Em ouro, prata ou platina, com ou sem a incrustação de pedras preciosas, ela tem nos mosquetões (os locks) seu carro chefe e mistura como ninguém peças de ar industrial com itens delicados, o novo com o velho, o moderno com o antigo.
Ela mora em NY, onde faz suas joias manualmente e as vende em lojas nos EUA, Europa, Ásia e também online.
Quero muito um baby lock em forma de coração!

Iluminador sem glitter: NARS Highlighting Powder


Capri


Albatross

Ibiza
Fort de Frances
Imagens: NARS


Para o verão de 2018, a NARS apresenta um novo conceito de iluminador, o NARS Highlighting Powder – sem glitter, graças à sua tecnologia de luminosidade uniforme que combina pó microencapsulado com pérolas que refletem a luz e se fundem suavemente à pele para realçar sua luminosidade natural. 
A textura leve e acetinada proporciona umacil aplicação para uma luminosidade construível, que vai do iluminado suave ao mais intenso.
Disponível em quatro tons: Albatross, um dourado iridescente, Fort de Frances, tom champanhe, Capri, um rosa perolado e Ibiza, em dourado amarelo.
Para brilhar!