6.10.17

Performance Artística do MAM: nudez, crianças e pedofilia

Imagem: Divulgação MAM

Não poderia deixar de expressar minha opinião profissional sobre o caso da Performance Artística que aconteceu no MAM em SP, envolvendo um homem nu deitado no chão e uma menina de aparentemente 4 anos sendo estimulada pela mãe a tocar em partes do corpo do homem (mão e tornozelo, ao que parece no vídeo, que não vou compartilhar por ser um possível gatilho para quem sofreu abuso sexual na infância).
Isso é sexualização de uma criança! É uma violência da pior espécie!
Não se trata de moralismo, gente. Sou psicóloga há 23 anos e não se expõe uma criança a nudez desnecessária de um adulto.
Criança não deve ser incluída num "experimento" de teor sexual de espécie alguma, mesmo que seja considerado arte. Não tem maturidade necessária para lidar com isto.
Há uma corrente de pedófilos no mundo que querem "normatizar o sexo com crianças ou púberes". Isto é uma aberração! É crime.
Uma coisa é uma criança ver os pais nus em casa em situações onde se está normalmente nu (no banho, trocando de roupa).
Outra coisa muito diferente é estimular uma criança a tocar o corpo de um homem nu enquanto vários adultos observam a cena.
O que me incomodou na cena não foi o homem nu. Nudez é normal e nada tem de errado.
Se uma criança vê alguém da família saído pelado do banho ou mesmo pessoas nuas numa praia de nudismo seria mais natural. E o que mais me incomodou foi a mãe estimular a criança a tocar no homem nu.
O problema não existiria se ela estivesse lá no Museu com a mãe e visse o homem pelado e a mãe dissesse: "é só um homem pelado, não é pra sua idade, vamos pra outra sala."
Não acho que a instalação de arte em si seja o problema ou que tenha sido um ato de pedofilia em si.
O problema é que se você ensina a uma criança de 4/5 anos ou até mais velha que tocar o corpo nu de uma pessoa (independente se homem ou mulher) é normal, legal e divertido você deixa sim a criança mais suscetível a se tornar uma vítima, pois para ela o pensamento pode ser: "minha mãe mandou mexer no homem pelado e foi divertido, as pessoas ao redor me deram parabéns, então se meu tio (ou professor, padre, primo) me pedir pra tocar no pinto dele não tem problema, é normal".
Para deixar a criança menos vulnerável aos pedófilos o correto, do ponto de vista da Psicologia é ensinar pra criança que só pode ficar junto de um adulto pelado se for pai ou mãe em situação de banho/ troca de roupa ou em situações atípicas e muito específicas (comunidade indígena, um hospital onde algum parente tenha ficado nu por alguma razão) e que criança não toca em adulto nu, além de que adulto só toca nas partes íntimas da criança se for pra dar banho/limpar/examinar (se médico) com o papai ou mamãe junto (ou avó, tia, responsável).
Eu amo arte, sou a favor da liberdade de expressão e estou bem longe de ser puritana. Mas cheguei a ficar com o estômago embrulhado ao ver o vídeo e ler os comentários em redes sócias de dezenas de pessoas que não viram nada de mal nisto.
Muitas pessoas acharam tolice a polêmica que se formou sobre o caso dizendo que arte é arte, cada mãe faz o que acha certo e que é só um homem pelado.
Pra quem é da área da psicologia e já conviveu com vítimas de abuso sabe que a erotização precoce das crianças e a normalização do "tocar um homem nu desconhecido" (e não importa em qual parte do corpo ela tenha tocado), além de desnecessário, é perigoso pois pode criar na criança a ideia que é Ok tocar no corpo nu de adultos.
Precisamos proteger nossas crianças, mesmo que o custo seja sermos hiper vigilantes e até um pouco exagerados à respeito.
Tive a oportunidade de trabalhar num Hospital Infantil, onde é comum aparecerem casos de crianças abusadas e numa Casa Lar (onde crianças e adolescentes tirados da família ficam até a retirada da guarda da família) onde eram todas meninas de 3 à 15 anos, todas vítimas de abuso sexual. Fui voluntária lá neste abrigo, adorava aquelas crianças, mas só consegui ficar um ano com elas pois saia de lá arrasada com as histórias e o quanto aquelas meninas estavam machucadas na alma.
Há um movimento em todo mundo de pedófilos querendo normalizar a sexualização e relacionamento afetivo entre adultos e crianças e/ou púberes e adolescentes bem novinhos: a tática deles é convencer a sociedade que é normal o "amor" (e sexo) entre um adulto e meninos e meninas com 11/12 anos ou menos - eles usam a técnica do "sapo fervido", onde se começa com a  arte mostrando o lado belo deste tipo de relação (exemplo livro Lolita, um clássico, já li, mas é de fato uma história que envolve pedofilia), depois partem para disseminar a ideia que "amor" entre homens e as "novinhas" é normal (vide músicas e a cultura popular exaltando o sexo com adolescentes) para por fim mudar leis e fazer com que o "amor entre adultos e crianças ou adolescentes menores de 16" seja visto como natural, como infelizmente é aceito em alguns países.
Isto não é natural. Repito: é uma violência contra crianças e adolescentes.
Desculpem se estou insistente ou pareço agressiva, mas neste assunto acredito que não cabe a dúvida. Precisamos proteger nossas crianças! Isto é mais importante que tudo.
E me desculpem a franqueza, mas nem toda mãe é legal e sabe o que é o melhor para seus filhos. Infelizmente.
Ontem de madrugada fiquei muito chocada por causa da notícia que li no Facebook. Mais por causa das pessoas não vendo nada demais naquela menina tocando o homem (pouco importa se foi só no tornozelo e mão dele) do que pelo vídeo em si.
As pessoas se revoltam vendo um homem sendo machista, um cachorro ser maltratado (eu também me revolto), mas relativizam quase tudo que os pais (especialmente as mães) permitem e estimulem que seus filhos façam. Mães não são infalíveis.
Tem mães (muitas mães, acredite, trabalho como psicóloga clínica e já atendi mais de duas dezenas de casos de abuso sexual) que "deixam" o namorado ou marido tocar nas suas filhinhas pequenas pra não desagradar seus homens (e isso acontece em todas as classes sociais).
Isso acontece todos os dias e a gente não fica sabendo nem de 1% dos casos pois a maior parte dos pedófilos não causa lesão física (são bem espertos pra não serem pegos) e a maior parte das crianças só se dá conta que algo de errado aconteceu muitas vezes tempos depois, muitas ficam confusas, se sentem culpadas e só vão contar pra alguém depois de maiores ou mesmo adultas. Os casos existentes são subnotificados. Os pedófilos não são punidos. As famílias preferem jogar a sujeira pra baixo do tapete, fazer de conta que nada aconteceu. As vítimas tem vergonha de falar sobre o assunto e geralmente escondem dos amigos o que lhes aconteceu.
Sei que é um tema MUITO pesado, mas precisamos falar sobre isto para que não aconteça com nossas crianças.
O pior é que quase todo mundo desvia o olhar do assunto, não quer saber, acha que a criança vai esquecer, que se não houve penetração (que acontece raramente, pois estes monstros não querem deixar marcas visíveis) não há dano severo à criança.
Fico muito triste ao ver tantas mulheres esclarecidas preferindo ser "modernas e desconstruídas" do que se preocuparem com a menininha do vídeo, que foi exposta sim a situação vexatória, prevista em lei como crime contra a infância e adolescência.
Pra mim esta mãe (e pai) deveriam sim ser chamados no conselho tutelar pra ao menos serem orientados do perigo de naturalizar a nudez e o toque de estranhos adultos.
Encerro com a frase atribuída ao pensador Edmund Burke:
"Para que o mal triunfe basta que os bons não façam nada".

Update sobre arte, nus e crianças:

Não acho que exista teor sexual na proposta do artista. Minha colocação e preocupação enquanto psicóloga é sobre a presença de uma criança tão pequena de forma ativa na exposição e, principalmente, a mãe dela ter a incentivado a tocar no artista.
Quando uma mãe diz à uma garotinha de 4/5 anos que é ok tocar num homem nu isto pode deixar a criança mais vulnerável ao toque inadequado de um adulto. Nesta idade, independentemente de como seja a criação, uma criança não está ainda madura para discernir o que é arte e o que não é, o que é contexto sexual e o que não é.
Para sua proteção precisa estar claro que o toque entre crianças e adultos nus (excetuando o toque entre pais e filhos em situações como o banho, cuidados médicos e momentos correlatos) não é desejável.
Realmente sou apreciadora de artes e não acho que devemos "demonizar"no nu para crianças, mas sei que o abuso sexual infantil é uma ameaça constante à infância e precisamos ser "hiper vigilantes" em relação ao tema.
Me considero sim uma pessoa culta, que aprecia a arte e entende sua importância, no entanto infelizmente vivemos numa sociedade onde as crianças estão muito vulneráveis e precisamos protegê-las, mesmo se isto significar não expô-las ao contato com o nu adulto em exposições de arte.
Crianças são facilmente seduzidas por este tipo de criminoso e, infelizmente, quanto mais naturalmente enxergam o toque entre crianças e adultos nus, mais vulneráveis tendem a estar. Entre a arte e a proteção de uma criança sempre ficarei com a segunda, até mesmo porque em momento algum disse que "aquilo não é arte"ou que a "exposição deveria ser proibida" - minha posição foi questionar o toque da criança no homem nu, mesmo que com a orientação da mãe, por causa da sua idade e da vulnerabilidade que isto pode lhe causar, uma vez que como falei antes, não importa qual sua educação, nesta faixa etária crianças não tem sequer maturidade neurológica (do ponto de vista biológico mesmo) para compreender as diferenças do que é nu artístico "ao vivo" do que é um homem nu querendo abusar sexualmente. 

Se a menina apenas assistisse à performance ou estivesse tocando em um quadro ou estátua não haveria problema.

5 comentários:

  1. Amei seu texto, parabéns pela clareza nas palavras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Angela.
      Seja sempre bem vinda ao Garotas Modernas!

      Excluir
  2. O teor sexual está na sua percepção, no seu olhar, não na proposta do artista.
    Esse tipo de reação que você está tendo diz muito mais sobre você, sobre a forma (reducionista) como você encara a dimensão de um corpo nu do que sobre a performance do artista e é por isso que arte é tão legal sabe?
    Porque não é televisão, não é entretenimento, não é Luciano Huck no domingo, não é um comercial de margarina.
    Arte é outra coisa, uma outra dimensão interna, externa, estética. Outra faceta da vida, do corpo, outra recurso/ferramenta interna.
    É pra causar reflexão, mas infelizmente em um país onde o ensino formal é precário e o ensino de arte praticamente inexistente, reações absolumente distorcidas e de um empobrecimento cultural enorme são esperadas, infelizmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Taís,
      Respeito sua opinião, no entanto acredito que você não compreendeu o que quis dizer. Talvez eu não tenha sido clara em meu texto.
      Não acho que exista teor sexual na proposta do artista. Minha colocação e preocupação enquanto psicóloga é sobre a presença de uma criança tão pequena e, principalmente, a mãe dela ter a incentivado a tocar no artista.
      Quando uma mãe diz à uma garotinha de 4/5 anos que é ok tocar num homem nu isto pode deixar a criança mais vulnerável ao toque inadequado de um adulto. Nesta idade, independentemente de como seja a criação, uma criança não está ainda madura para discernir o que é arte e o que não é, o que é contexto sexual e o que não é.
      Para sua proteção precisa estar claro que o toque entre crianças e adultos nus (excetuando o toque entre pais e filhos em situações como o banho, cuidados médicos e momentos correlatos) não é desejável.
      Realmente sou apreciadora de artes e não acho que devemos "demonizar"no nu para crianças, mas sei que o abuso sexual infantil é uma ameaça constante à infância e precisamos ser "hiper vigilantes" em relação ao tema.
      Me considero sim uma pessoa culta, que aprecia a arte e entende sua importância, no entanto
      infelizmente vivemos numa sociedade onde as crianças estão muito vulneráveis e precisamos protegê-las, mesmo se isto significar não expô-las ao contato com o nu adulto em exposições de arte.
      De forma alguma estou tendo um pensamento reducionista, Taís. Sou psicóloga há 23 anos e tive contato direto com mais de duas dezenas de pessoas vítimas de pedofilia. Crianças são facilmente seduzidas por este tipo de criminoso e, infelizmente, quanto mais naturalmente enxergam o toque entre crianças e adultos nus mais vulneráveis tendem a estar. Entre a arte e a proteção de uma criança sempre ficarei com a segunda, até mesmo porque em momento algum disse que "aquilo não é arte"ou que a "exposição deveria ser proibida" - minha posição foi questionar o toque da criança no homem nu, mesmo que com a orientação da mãe, por causa da sua idade e da vulnerabilidade que isto pode lhe causar, uma vez que como falei antes, não importa qual sua educação, nesta faixa etária crianças não tem sequer maturidade neurológica (do ponto de vista biológico mesmo) para compreender as diferenças do que é nu artístico "ao vivo" do que é um homem nu querendo abusar sexualmente.
      Se a menina apenas assistisse à performance ou estivesse tocando em um quadro ou estátua não haveria problema.
      Espero ter esclarecido meu ponto de vista.
      Muito obrigada pela visita.

      Excluir
  3. Boa noite!
    Dentre muitos textos sobre o tema que li, seu texto/artigo foi o mais lúcido e coeso. Muitas pessoas apenas seguem a manada e dizem que quem critica o toque da criança é religioso, ignorante , não entende a arte, ou seja, essas pessoas não respeitam quem tem opinião contrária a dita arte. O problema não é a arte em si, mas o que você mencionou, e você foi muito corajosa em expor sua opinião, mesmo indo contra o manifesto das pessoas "esclarecidas", aos muitos artistas e celebridades que saíram em defesa da arte.

    ResponderExcluir

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...