15.9.14

Mademoiselle Voyage: O charme medieval de Saint Paul de Vence

Mademoiselle Voyage em Saint Paul de Vence (Acervo Pessoal)
Bom dia meninas!!!Faltando alguns meses para o tão aguardado filme “50 Tons de Cinza”, inspirado na trilogia da autora britânica E L James, resolvi escrever um post sobre uma das locações da luxuosa lua de mel de Christian Grey e Anastasia Steele. Desde que terminei de devorar os livros da trilogia, alguns destinos permaneceram na minha cabeça, e, aproveitando a oportunidade que me encontro na Riviera Francesa, resolvi dar um pulinho em Saint Paul de Vence, para contar todos os detalhes da cidade pra vocês.
Vilarejo Saint Paul de Vence no alto da Colina (Mademoiselle Voyage)
Só para lembrá-las, no livro “50 Tons de Liberdade”, o último da série, Christian e Ana estão em lua de mel, e depois de passarem por Mônaco, no hotel Beach Plaza Monte Carlo – onde Ana decide fazer topless, e embarcarem no Fair Lady – um luxuoso iate alugado por Christian, o casal decide conhecer a cidade medieval Saint Paul de Vence, onde aproveitam para comprar algumas obras de arte para a nova casa.
Place du Jeu de Boules (Mademoiselle Voyage)
Jogo de Pétanque no sul da França (Mademoiselle Voyage)
Localizado entre Cannes e Nice, o vilarejo é uma das mais antigas cidades medievais da Riviera Francesa, fortificado e situado em uma colina. Na entrada da cidadela de Saint Paul de Vence, está a Place Du jeu de Boules, que parece ser uma das principais atrações da cidade. Em frente ao Café de la Place, é uma espécie de arena esportiva, com meio-fio funcionando como arquibancada, cenário de disputadas partidas simultâneas de pétanque, uma paixão nacional do sul da França.
Construções medievais em Saint Paul de Vence (Mademoiselle Voyage)
Esculturas em ferro espalhadas pela cidade (Mademoiselle Voyage)
Saint Paul de Vence (Mademoiselle Voyage)
Li em muitos lugares que explorar tranquilamente este vilarejo medieval é praticamente impossível no verão, devido a quantidade de ônibus de excursões de visitantes de fora, assim como turistas que aproveitam uma escala de navio de cruzeiro para conhecer a região. Mas como já estamos no mês de Setembro, e a alta estação já chegou ao fim aqui na Europa, foi bem tranqüilo conhecer a cidade.
Fonte histórica no centro de Saint Paul de Vence (Mademoiselle Voyage)
Vista para o cemitério da cidade (Mademoiselle Voyage)
Caminhando pelas ruas de Saint Paul de Vence é impossível não reparar na graça das placas com os nomes das vias em pedras irregulares. Chegando ao final da principal rua, a Rue Grande, encontramos uma fonte para matar a sede com água fresca, e um mirante sobre o cemitério, com linda vista para o Mediterrâneo, com um tapete verde das montanhas interrompido apenas por poucas construções.
Saint Paul de Vence e suas Galerias de Arte (Mademoiselle Voyage)
Mademoiselle Voyage em meio ao cenário bucólico da cidade
O vilarejo possui um charme todo especial, que associado ao imenso fluxo de turistas na alta temporada, acabou transformando Saint Paul de Vence num reduto de artistas plásticos. Difícil imaginar algum outro lugar com concentração maior de galerias de arte. Vemos uma ao lado da outra, uma em frente à outra, algumas na Rue Grande, outras escondidinhas em meio às ruelas. Há de tudo: desde paisagens locais, vendidas como souvenires, a galerias de arte moderna.
Restaurante Le Saint Paul (Mademoiselle Voyage)
Terraço do Restaurante Le Saint Paul 
Para o almoço, não poderia escolher outro endereço, a não ser o restaurante, também citado no livro, Le Saint-Paul, no hotel de mesmo nome, que faz parte da associação Relais & Châteax. Além de a cozinha ser considerada a melhor da cidadela, as mesas ficam dispostas em um agradável terraço com uma privilegiada vista para as muralhas.
Construções em pedra em Saint Paul de Vence (Mademoiselle Voyage)
Esculturas em ferro (Mademoiselle Voyage)
Interior da muralhas de Saint Paul de Vence (Mademoiselle Voyage)
Outra refeição super concorrida em Saint Paul de Vence acontece no restaurante La Colombe d’Or, onde grande parte dos clientes vai pela mística do local, e para ver as obras de arte de tantos pintores que passaram por lá, em especial nos anos 1950, como Joan Miró e Marc Chagall.
Obras de arte espalhadas pela cidade (Mademoiselle Voyage)
Capela de Saint Paul de Vence (Mademoiselle Voyage)
Esculturas em ferro (Mademoiselle Voyage)
Confesso que fiquei muito surpresa pela beleza e requinte da cidade! Passamos um dia super agradável, num lugar repleto de história, com ruas bem preservadas e obras de arte em todas as direções pelas quais passamos. Terminamos o nosso dia contemplando o por do sol sob a sombra dos plátanos que emolduram a Place Du jeu de Boule e assistimos algumas partidas do tão famoso jogo, antes de pegar a estrada, com destino a Saint Tropez.
Artesanato vendido na cidade (Mademoiselle Voyage)
Mademoiselle Voyage em meio às construções da cidade
E aí meninas, gostaram do destino? Quem sabe no terceiro filme o Jamie e a Dakota vão protagonizar cenas nesse charmoso cenário...
Ficou com um gostinho de quero mais e quer saber um pouco mais sobre a Riviera Francesa? Confira no blog Mademoiselle Voyage! Você vai se apaixonar! Beijinhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...