5.5.14

Como tratar manchas na pele do tipo melasma sem laser

Imagem: Clarissa Berti Dermatologia

Minha pele aparentemente "perfeita" com maquiagem tem manchas. Sim, manchas de sol que me perseguem há anos. Tenho os tais melasmas do mal nas bochechas, sendo que as minhas manchas se potencializam com qualquer calor, até mesmo se eu entro no meu carro que ficou parado no sol durante o verão.
Faça chuva ou faça sol , seja verão ou inverno, uso protetor solar todos os dias, além de chapéu se vou para praia ou piscina, mas tenho manchinhas na pele ocasionadas pelos vários anos de uso de pílula anticoncepcional + todo o sol que tomei na infância e adolescência, onde a gente passava o tal Rayto de Sol para literalmente torrar na areia.
Para mim o verão é tempo de me proteger do sol (faço aloka do protetor) e andei tão fugida do sol nos últimos anos por causa das manchas que as minhas diminuiram, mas acabei com deficiência de Vitamina D, que tive que repor via oral.:(
Já no inverno é hora de correr atrás do prejuízo: vou para a dermatotologista para fazer os peelings de ácidos, capazes de remover um tiquinho a mais das manchas a cada ano.
Há quase 1 ano conheci minha nova dermatologista, Dra. Clarissa Berti (fui nela retirar um sinal pois minhas duas dermatos mais antigas não fazem este procedimento). Apesar de ter todos os aparelhos mais modernos na sua clínica (que é maravilhosa!), ela desaconselhou totalmente o uso de qualquer tipo de laser ou luz pulsada em quem tem manchas provocadas ou exacerbadas pelo sol. 
Já é a terceira dermatologista que faz este alerta para mim: tanto ela, quanto a Dra. Maria Luiza Andreola e a Dra. Ines Costa De Sá (todas as 3 atendem pela Unimed), quanto as fisioterapeutas do Consultório de Fisioterapia Dermato-Funcional, onde faço tratamentos estéticos há anos, também já desaconselharam o uso de qualquer tipo de laser ou luz pulsada na pele propensa à melasmas.
Elas afirmaram que embora o laser e a luz pulsada seja usada para tratar manchas, o calor gerado por tais aparelhos é capaz de aumentar as manchas causadas pelo sol e calor, como o melasma. Ou seja, se eu fizesse tais tratamentos eu teria uma chance de melhorar o aspecto das manchas... ou elas piorarem muito mais! Não vale o risco.
Então você vai ver muita gente por aí indicando tratamentos de laser e luz pulsada para melasmas, mas o que muitas vezes não é dito é que existe um risco de a pele ficar ainda mais manchada, como um efeito rebote.
Eu estava querendo fazer laser para melhorar a pele de forma geral, afinal já fiz 41 anos fim do ano, mas todas as profissionais que consultei me disseram o mesmo: o que de fato funciona são os peelings seriados, muito filtro solar e paciência pois é um problema crônico e para o qual ainda não existe solução definitiva, infelizmente. E sim, qualquer calor ou solzinho acaba ativando a pigmentação da pele nas áreas manchadas.
Na verdade o que este post propõe é dividir aqui minha experiência de anos no tratamento das minhas manchas, que praticamente desapareceram: uma camada de base leve ou um pouco de corretivo já somem com elas.
Todo inverno, religiosamente, faço peelings de cristal (no Consultório de Fisioterapia Dermato-Funcional) e também peelings químicos com a Dra. Clarissa Berti (que vai começar a escrever aqui no GM em breve).
Além disto vou alternando produtos clareadores para usar em casa, como a linha Immortele da L'Occitane e o Blemish + Age Defense da SkinCeuticals.
Também percebo que o uso caseiro de máscaras faciais clareadoras ajuda muito a uniformizar e iluminar a pele de forma geral.
Segundo as minhas dermatologistas, fatores como sol, calor, genética e hormônios (como o uso de pílulas anticoncepcionais e gravidez) são os principais causadores deste tipo de mancha tão difícil de remover.
Então cuidado com promessas milagrosas de tratamentos muito caros que prometem resolver definitivamente o problema. Infelizmente ainda não inventaram creme ou aparelho capaz de "curar" o melasma.
O segredo é ir atacando aos pouquinhos, como se a gente tentasse apagar um desenho de uma folha de papel... Conseguimos "apagar o desenho", mas acaba sempre ficando algum vestígio. Ainda bem que a gente tem maquiagem!
Alguém aí também sofre com estas manchinhas chatas? 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...