16.9.13

Quanto custa? Preços da bolsa Soho Disco da Gucci no Brasil, Europa e EUA

Imagem: Gucci

Sabe aquela bolsa linda que você deseja muito?
Ou aquele sapato ou acessório incrível de uma marca gringa?
Com a queda nos preços de produtos estrangeiros de marcas de luxo (que assim tentam se firmar no mercado nacional), muitas vezes vale mais a pena comprar por aqui mesmo.
Explico: além de em muitos casos o valor ser semelhante, dependendo do país onde você pretendia comprar, aqui no Brasil, por conta de uma característica cultural fortemente disseminada, muitas das marcas de luxo oferecem a opção de parcelamento no cartão de crédito pelo mesmo preço que à vista.
Pode parecer esquisito parcelar um produto de luxo, mas se não há desconto, por que não?
Por isto vou fazer uma série de posts comparando o preço de alguns objetos de desejo fashionistas no Brasil, Europa e EUA.
E antes que alguém venha dizer que estou estimulando o consumismo, lembre-se que: na minha opinião é melhor guardar o dinheiro total e, na medida do possível, comprar onde é mais barato ou, caso prefira ou não possa comprar fora, que tenha este dinheiro já reservado mesmo que opte por parcelar no cartão de crédito. Além de tudo, sempre penso um monte antes de fazer uma compra mais cara e levo em conta meu "mantra" para os desejos de consumo: Eu quero isto, mas não preciso disto. Quero mesmo? Posso comprar? Vou usar?
Só compro se: responder "sim" às 3 questões acima, conseguir guardar o dinheiro todo antes, mesmo que vá parcelar no cartão e depois de uns 2 ou 3 meses querendo muito, continuar com a ideia fixa.
Nunca comprei sapatos gringos porque acho que os fabricados no Brasil são lindíssimos e um calçado não pode ser usado todos os dias sem ficar velho. Mas com bolsas meu raciocínio é diferente:
acredito que uma bolsa realmente boa, que seja um clássico de alguma marca ícone da moda, acaba por se tornar um "investimento fashion": já me criticaram por eu usar minha única bolsa Chanel quase todas as semanas, mas acho que isto é um bom sinal - que gostei MUITO do presente que meu marido me deu há quase 2 anos e que o valor pago foi compensado se eu contar quantas vezes ela já foi usada
hoje em dia prefiro comprar 1 ou 2 bolsas "especiais" por ano que 10 bolsas com designer nada original (infelizmente muitas marcas nacionais tem suas coleções baseadas em modelos de outras marcas)
o valor de bolsas de algumas marcas, como Chanel e Louis Vuitton, não se deprecia ao longo dos anos - poderei usar elas sem medo daqui 1 década e, caso queira vender, posso conseguir o mesmo valor de compra ou até mais
Tudo que escrevi aqui expressa apenas a minha opinião, não é uma verdade absoluta, que sirva para todos, afinal cada um tem seu estilo de vida e prioridades de consumo: hoje em dia não compraria uma bolsa de mais de 5 mil reais porque acho que valeria muito mais a pena gastar este valor em uma viagem... Mas isto não quer dizer que minha opinião não possa mudar depois. Afinal de contas, se o dinheiro foi ganho honestamente, cada um faz o que quer das suas finanças. 
O meu único alerta é: não se endivide para comprar algo que você  quer, mas não precisa. Lembre-se que é um desejo, não uma necessidade!
Falo isto porque estou pensando em comprar uma bolsa pequena e, como não gosto de me precipitar com este tipo de coisa (porque se arrepender de ter comprado uma coisa de 20 reais já é ruim), estou pesquisando bastante e por isso vou começar a publicar uma série de posts com o tema Quanto custa?

minhas favoritas entre as muitas cores da Soho Disco da Gucci
Imagens: Gucci
O primeiro deles é sobre o valor da bolsa Soho Disco da Gucci no Brasil, Europa e EUA, com cotações das respectivas moedas do dia 13/09.
Europa
preço: € 660 = R$ 1.998,50 (pode-se pedir o detax, o reembolso de taxas que é concedido aos estrangeiros que fazem compras na Europa, sendo que o desconto varia de país para país, mas fica em média em torno de 12%, ou seja, a bolsa sairia por cerca de 1.759 reais) - valor pesquisado na loja virtual da marca na Europa

EUA
preço: $ 895 = R$ 2.037,50 (já nos Estados Unidos há uma taxa cobrada dos turistas na maior parte das cidades, que varia de estado para estado: em NY ela é de 8%, ou seja, a bolsa comprada lá custaria R$ 2.199,00) - valor pesquisado na loja virtual da marca nos EUA

Brasil
preço: R$ - 2.400,00 (podendo parcelar em até 5 vezes nos cartões Visa e Master ou em 10 vezes no American Express - não há desconto à vista) - valor pesquisado na loja do Shopping Iguatemi São Paulo
Além disto nas compras no exterior feitas com cartão de crédito, há o imposto IOF, atualmente de 6%, fazendo que o valor fique em aproximadamente R$1.865,00 para as bolsas compradas na Europa e R$2.330,00 (!) se comprada em Nova York (lá há um imposto sobre compras feitas por estrangeiros, que varia de acordo com o Estado da onde foi feita a compra), ou seja, vale muito mais a pena comprar na Europa (se você lembrar de fazer o detaxe) e não muito nos EUA, já que a diferença é muito pequena e aqui ainda ter a vantagem do parcelamento.
Óbvio que não é barato, mas se você olhar os preços das bolsas de grife nacionais, até que não assim tão absurdo: com o dinheiro de 3 bolsas de couro de uma marca nacional conhecida você consegue comprar 1 Soho Disco da Gucci. Ou se você economizar o dinheiro de 209 sanduíches Big Mac!;)
Mas mesmo assim não sei que vou comprar... vou esperar mais uns 3 meses antes de decidir.
Qual peça você gostaria de ver num próximo post?

4 comentários:

  1. Comprando em SP ainda existe a devolução de parte do ICMS por conta da Nota Fiscal Paulista.

    ResponderExcluir
  2. Olá Shirley adorei o post. Sou muito parecida com você na hora de decidir se devo ou não comprar uma bolsa desejo. Penso um tempão e analiso prós e contras. Ainda não tenho minha Chanel mas já comprei minha Neverfull Louis Vuitton e acho q. super valeu a pena. Mesmo tendo muitas pessoas que possuem a bolsa. Não ligo muito para isto! Agora gostaria muito de comprar uma Gucci e fiquei com uma dúvida: qq bolsa na Gucci com Amex pode ser parcelado em 10 vezes? Na sua próxima pesquisa poderia acrescentar algum país da América Latina tipo o Chile que possui uma economia muito estabilizada e que não possui muitas taxas nos produtos importados e por isto acaba comercializando algumas grifes com o preço mais convidativo que o Brasil. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Shirley, gostei muito da sua proposta no post, e na boa? devia ser tag fixa..muitas pessoas não raciocinam que tem coisas que valem a pena comprar no Brasil principalmente nesse cambio maluco que não vai baixar tão facil. Isso que vc não comentou que se a pessoa pode ser taxada na alfandega..é algo que corremos o risco não é? Achei otimo mesmo o post e é bom sabermos como vc falou em vez de pagar 800 numa nacional as vezes classicos compensam mais..
    Trabalho com importação e a maioria dos lojistas do Jk são nossos clientes e via de regra tem coisas sim que compensam comprar no Brasil do que lá fora..
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Alguém sabe quanto fica se trazer do Canadá?

    ResponderExcluir

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...