22.6.15

Estilo de Vida com Consuelo Blocker: Pitti Uomo 88 - primeiro desfile para a Pucci- por Massimo Giorgetti

Fui assistir junto com Costanza, a Mamisa!Fui assistir junto com Costanza, a Mamisa!
Pucci está de cara nova e o batizado do novo look foi durante os eventos do Pitti Uomo 88 em Florença com uma coleção que estão chamando de piloto.  Um evento super antecipado pelo crowd fashion.  As grandes maisons tem mudado muito de estilistas no último ano, e com isto mudado o seu estilo.  Pucci é uma marca de grande importância hoje no âmbito mundial e faz parte do grupo LVMH.  Seu diretor artístico até a última estação de inverno foi Peter Dundas que criou uma mulher ULTRA sexy.  O novo, e jovem, estilista Massimo Giorgetti apresentou algo de completamente diferente.
O desfile da Pucci foi nos antigos estábulos reais que hoje é o Instituto de Artes de FlorençaO desfile da Pucci foi nos antigos estábulos reais que hoje é o Instituto de Artes de Florença
Pouco conhecido fora da Itália, o novo diretor criativo da Pucci também assina a sua marca, MSGM.  Muito talentoso, Giorgetti tem um ponto de vista contemporâneo.  ADOREI a coleção, mas tenho quase certeza que será criticada no Brasil.  É muito longe da sensualidade das nossas conterrâneas.  A nova mulher Pucci é intelectualizada, moderna, despojada, cool e quase um pouco enjoada.  Mas achei as peças suuuuper bem feitas e chiques com uma pegada “Pop” nova, “da hora”!  Os mocassins e bolsas são deslumbrantes.  Adorei a o restyling do logo que lembra a flor de lis, emblema da cidade de Florença, terra natal do Marquês Emilio que criou a marca.  O logo, quando repetido lado a lado, toma quase uma forma abstrata, mas elegante em tops e saias.
As estampas tradicionais desaparecem (mas certamente não das lojas nos produtos mais comerciais) e se transformam… Venham ver.
DSC09604DSC09605DSC09606
Giorgetti explica a sua coleção à jornalista Suzy Menkes
Giorgetti explica a sua coleção à jornalista Suzy Menkes
Também à sua CEO, Laudomia Pucci, filha do criador da marca.
Também à sua CEO, Laudomia Pucci, filha do criador da marca.
DSC09614DSC09626DSC09637DSC09617DSC09634DSC09624DSC09640DSC09629DSC09619
AMEI os mocassins
AMEI os mocassins
DSC09641DSC09621DSC09615DSC09630DSC09639
Massimo recebe os parabéns!
Massimo recebe os parabéns!
DSC09622DSC09620DSC09623DSC09636DSC09631DSC09625DSC09632DSC09610
Tim-tim e parabéns Massimo Giorgetti
Tim-tim e parabéns Massimo Giorgetti
O press release explica:
Um novo começo, aonde tudo se iniciou. Com um novo espírito e uma nova perspectiva: uma modernidade atemporal para qualquer idade e imediata.
Florença como o maior valor. Respeito pelo passado como a essência do progresso, sem nenhum tipo de nostalgia.
Um faro puramente italiano. Uma tranquilidade inesperada, um boost imediato de energia.
A Pucci, agora interpretada por Massimo Giorgetti abre as portas de seu Palazzo: seu icônico terraço, agora ligado às ruas. O mood é enérgico, a velocidade acelerada e o resultado é preciso.
Estampas que já existiram trazem outro Emilio Pucci a tona: uma composição de ilustrações. Novas inspirações adicionam uma pitada de ironia pop art com a estampa “Turistas em Florença” que também é interpretada nos bordados.
O logo atualizado tem um padrão rítmico, enlaçado à Flor de Liz.
As echarpes se transformam em vestidos com formas simples, na forma de um nó, como se estivesse amarrada no pescoço. As camisas são peças essenciais e são usadas em sua forma mais clássica ou até mesmo desconstruídas.
Os loafers masculinos e as sandálias flats com aplicação de penas dão leveza eterna ao caminhar.
As cores de Pucci são realinhadas e remontadas.
A modularidade como um estado de mente e espírito. A coleção é um sistema de elementos para construir e reconstruir a imagem da mulher, de acordo com seus desejos.
O estilo despreocupado é hoje uma atitude e uma qualidade: uma coleção ready to wear fácil de vestir, um statement da moda.
Florença, 17 de junho de 2015
Achei interessante o quanto esta estética fica próxima àquela proposta por Alessandro Micheli, novo diretor criativo da Gucci.  O mesmo estilo um pouco andrógeno, intelectual, aparentemente pouco sexy… E outro dado interessante: esta marca pertence à competição, o grupo Kering…
Esta é uma oportunidade incrível para um jovem como Giorgetti catapultando ele nos grandes do fashion circuit.  Pela intensidade com a qual ele explicava à sua CEO, Laudomia Pucci (filha de Emilio), e às jornalistas, como Suzy Menkes (Editora internacional de Vogue digital), se via a seriedade com a qual leva este cargo.
Me sigam lá no meu Snatpchat ConsueloBlocker, Instagram (@consueloblocker) e no Consuelo Blog.
Beijos e até o próximo post por aqui!!!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...