3.11.14

Um dia em NY com Carol Aquino

Eu prometi que traria algumas dicas e experiências da minha viagem para os EUA. Vou começar por NY, cidade absolutamente incrível e que já amo demais. Ficamos hospedados no Hotel 32|32 AQUI, com uma excelente localização e uma estação de metrô na esquina, o que facilitou muito as nossas vidas. Essa viagem foi MUUUITO planejada, eu e meu marido dedicamos horas das nossas noites pesquisando, montando roteiros e o resultado não poderia ser outro, conseguimos aproveitar ao máximo. Fazendo a lista dos locais que pretendíamos visitar chegamos a conclusão que valeria comprar o New York Pass (que te dá acesso a mais de 80 atrações da cidade, então sugiro que faça uma lista com os locais que pretende visitar, pesquise o valor dos tickets individualmente e veja o valor final, mais informações sobre valores e atrações AQUI).
O dia relatado nesse post de hoje começou com a Estátua da Liberdade, aquele tipo de passeio OBRIGATÓRIO para quem visita NY. Pegamos um metrô perto do hotel, descemos na estação Bowling Green e andamos até o Battery Park.

 Look do dia no Battery Park, praticamente todo Forever 21 e tênis Mizzuno (porque um calçado confortável é indispensável).

 Balsa (opera das 9h30min às 15h30min) que leva os visitantes para a Liberty Island

 Bela vista de Manhattan, foto tirada do pedestal da Estátua da Liberdade.

 Além de visitar a Liberty Island, conseguimos marcar com muita antecedência e comprar os tickets para subir até a coroa da Estátua da Liberdade (comprar tickets e mais informações AQUI). Valeu muito a pena enfrentar os 162 degraus, mas adianto que quem é claustrofóbico pode não se sentir muito bem, pois a escada é super estreita e em formato caracol. 

O espaço da coroa é bem limitado, por isso que a visitação até esse ponto é restrita e precisa ser marcada com muita antecedência. Lembrando que para o acesso na Liberty Island você passa por uma baita revista (tudo lá envolve segurança) e para subir na Estátua tem que deixar os seus pertences num "locker", sendo permitido apenas câmera e/ou celular.


 Fazendo a modelo com a incrível Manhattan ao fundo.

 Apaixonada por esse batom deuso (Revlon Colorburst Matte Balm 250).

 A Liberty Statue e eu, minúscula, como mera figurante.

 Depois de visitar a Estátua vale a pena contemplar a linda vista direto da Liberty Island.

 É claro que depois de uma maratona como essa a fome já está gritando, então não deixe de levar um lanchinho na bolsa. Eu comprei chips de banana (#vidalevecomcarol) na farmácia Duane Reade e foi a salvação para enganar a fome até o almoço.

 Por que essa viagem foi tão especial para nós? Lá em 1999 meu marido escreveu uma cartinha e me prometeu que um dia estaríamos ali. O sonho se realizou...

 Simplesmente linda!!
Acabando a visita é hora de pegar a balsa de volta, que antes de chegar em NY faz uma parada na Ellis Island que se localiza a aproximadamente 1 km dali, nela está o Museu da Imigração com vários artefatos e história sobre os imigrantes, mas eu e meu marido decidimos não descer lá e continuamos a viagem para NY.

 Com meu amor num lugar como esse, só tenho mesmo que agradecer. 
A câmera GoPro é uma ótima aliada dos selfies de casais, assim a gente consegue tirar fotos legais sem precisar ficar pedindo para as pessoas.

"Um sonho que se sonho só é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade".

 De volta no Battery Park, fomos caminhando até o Charging Bull (dezenas de pessoas alucinadas em cima do touro kkkk, preferimos não esperar para tirar uma foto sozinhos, até porque achei meio impossível) e seguimos para o Marco Zero (Ground Zero). De cara encontramos o novo World Trade Center, que aliás está um luxo.

No Marco Zero estão dois espelhos d'água com cascata. É um lugar lindo, mas muito triste. Inclusive nós preferimos nem visitar o 9/11 Memorial.

Os nomes de todas as pessoas que morreram nos ataques de 11 de Setembro de 2001 estão inscritos em painéis de bronze ao redor das piscinas.

Em seguida fomos andando até o Shake Shack mais próximo (Battery Park City, 215 Murray Street) para abastecer a energia (um dos meus lugares preferidos para comer em NY, refeição BBB). O sanduíche de lá é pequeno para os padrões americanos, mas para mim foi suficiente. Sempre pedimos 1 Single ShackBurguer para cada + 1 Regular Coke + 1 Cheese Fries (delícia da vida essa batata). Tem várias lojas espalhadas pela cidade de NY, eu gostei bastante do ambiente da localizada no Madison Square Park, você enfrenta uma filinha básica, mas vale a pena.

 Depois de comer fomos andando até o City Hall Park e atravessamos a Brooklyn Bridge. É um passeio maravilhoso, daqueles que você faz desfrutando da linda vista (Manhattan de um lado e o Brooklyn do outro) e nem percebe o quanto já caminhou. Lembrando que no trajeto é preciso respeitar a faixa reservada para ciclistas.

 Muitos casais colocam cadeados na ponte do Brooklyn, e como essa viagem foi uma comemoração aos 15 anos da nossa história decidimos personalizar um (pedimos nesse site AQUI e foi entregue no hotel) e deixá-lo por lá, mas antes de ir eu já tinha lido que de tempos em tempos a prefeitura retira os cadeados. Que pena né? Eu preferi então trazê-lo com a gente e guardá-lo para sempre. 

O melhor companheiro de viagem

 Depois de atravessar a ponte pegamos um metrô e descemos no SoHo, um bairro lindo e super agradável de NY.

Passamos em frente a Ladurée e é claro que eu comprei uns macarons, que aliás são muuuuito bons, os melhores que já comi até hoje. A loja é linda e valeu ter deixado umas doletas por lá!

Eu li muitos posts sobre NY antes de viajar e fiquei curiosa para conhecer o PopBar, um lugar super fofo que vende picolés artesanais. Além dos sabores tradicionais, é possível montar o seu próprio picolé, o MyPop. Você escolhe o sabor do sorvete, um plus (amêndoa, pistache, coco, brownie, etc) e a cobertura (chocolate ao leite, amargo ou branco). Eu e o Tiago pedimos um de morango com cobertura de chocolate, delicinha!!

 Se teve um lugar que me encantou em NY foi o Washington Square Park, lindo e super agradável. Destaque para a sua fonte maravilhosa e o incrível Arco de Washington.

Muito sábio esse chão do Washington Square Park.

E para encerrar o dia optamos por jantar no Bubba Gump (1501 Broadway), que com certeza está no meu top 5 de restaurantes dessa viagem. Ambiente, atendimento, comida e preço $$ excelentes.

Nosso pedido foi o indispensável Shrimp Shack Mac & Cheese (macarrão servido com camarão e molho de queijo numa panelinha fofa, muito delicioso) e o Shrimper’s Heaven (mix de camarões e batata frita). 
Imagens: Blog Coisas de Mulher.Net

Ufa!! É claro que depois de um dia cheio desse nós estávamos muito cansados, mas muito felizes. Espero que tenham gostado e em breve tem post com mais dicas de NY.


2 comentários:

  1. aii que sonho essa viagem! parabéns pelos 15 anos juntos, que Deus
    continue abençoando a união de vcs. Beijos'

    ResponderExcluir

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...