5.6.14

Um tempo de recolhimento: o momento de cuidar de mim

Ilustração: Instagram (não sei o autor)/Montagem: Garotas Modernas

Sei que ando um pouco ausente aqui no blog, mas estou precisando deste momento para cuidar de mim. Ontem publiquei no Instagram esta imagem acima com esta estrofe da música Stronger de Kelly Clarson que diz: 
"O que não te mata, fortalece, fortalece 
Somente eu, euzinha e eu mesma 
O que não te mata te faz mais forte 
Te faz sentir melhor 
Não significa que estou só quando estou sozinha"
Cantei baixinho esta estrofe para mim mesma quando precisei enfrentar um momento difícil. E funcionou!:)
Resolvi escrever este post por causa do comentário carinhoso que recebi da leitora Ani e também do email da minha amiga Letícia, estranhando a falta de posts.
São mais de 5 anos e meio de GM, onde em alguns momentos, até por inexperiência no "mundo virtual", deixei minha vida pessoal demasiadamente exposta e sofri as consequências disto. Por esta razão estou mais recolhida, mais quietinha, dando o tempo necessário para as coisas se resolverem em relação à minha saúde.
Para quem me segue lá no Instagram, no Facebook ou Twitter, pode acompanhar um pouco do meu cotidiano, das coisas que gosto, do que ando fazendo. Embora esteja num momento pessoal de muita felicidade, preciso cuidar do meu corpo que andava reclamando e quero paz e tranquilidade para isto.
À medida que for me sentindo melhor, os posts maiores vão voltando, a frequência e a quantidade deles irá aumentando e o GM vai voltando ao seu ritmo de sempre.
Vocês nem imaginam a falta que me faz escrever aqui!
Acho que todos nós já passamos por isto, por uma razão ou outra, volta e meia, precisamos deste tempo de introspecção. Meu coração está muito feliz, mas meu corpo pede por mais descanso, mais cuidado.
E como é importante a gente ouvir estes sinais que o corpo dá e respeitar nosso ritmo!
Não sou católica praticante, mas há uma passagem da Bíblia muito bonita que fala exatamente sobre o ciclo da vida:

Há tempo para todas as coisas...
Eclesiaste
"Tudo tem o seu tempo determinado, e tempo para todo o propósito debaixo do céu.
Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
Tempo de amar, e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz."

Estou neste tempo de recolhimento necessário à todas as pessoas, aquele momento de cuidar de si, voltar-se para dentro e aguardar que um novo momento venha, no meu caso,  pleno de saúde.
Me acompanhem nas redes sociais e, se puderem, conversem comigo por lá, vou adorar receber o carinho de vocês, que tanto me fazem bem!
Estou aprendendo que apesar de frágeis, somos mais fortes que imaginamos.
Se você também estiver precisando se cuidar, se dê este tempo e lembre da música lá do início deste post:
"O que não te mata te faz mais forte 
Te faz sentir melhor 
Não significa que estou só quando estou sozinha"
Eu não estou sozinha, nem você, querida garota moderna! E tente perceber, como eu percebi, que nossa aparente fragilidade esconde uma força incrível.
Desejo tudo de melhor à cada uma de nós. Nós merecemos!

4 comentários:

  1. Oi Shirley,

    A ilustração é da Mônica Crema!

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Querida Shirley !!!
    Quão doce o texto, assim como você, sim todas nós merecemos o melhor, e é o que lhe desejo, achei de um carinho, uma delicadeza você citar os nomes de quem sente sua falta....... E fico na torcida para em breve ter seus post's aqui na mesma intensidade de antes ............ Beijocas mil

    ResponderExcluir
  3. Não sou de comentar, faço-o raramente, mas me identifiquei muito com seu post! Passei por um momento delicado em 2013 onde perdi minhas duas avós, uma em janeiro e outra em maio. Foi muito difícil, enfrentei uma depressão, surgiram sintomas do dia pra noite que nem imaginava... comecei a me tratar, porém os remédios me fizeram mal e não quis voltar ao psiquiatra, fiquei apenas com um ansiolítico. Fui levando a vida, mas não tinha ânimo pra sair da cama, mas fazia assim mesmo, achava que se estivesse trabalhando em contato a rotina isso me faria superar. Ao fim do ano quando achava que as coisas estavam melhorando e eu me senti mais forte (após tirar férias), outros problemas apareceram incluindo um resultado NICI no papanicolau, que o médico pediu para repetir. No segundo exame não deu nada, troquei de médico e ele resolveu fazer biopsia do colo do útero que deu positiva confirmando NICI e estou novamente me sentindo triste, chateada, me perguntando porque isso tudo acontecendo comigo? Agora após isso tudo, venho sentindo dores na pelve dentre outros sintomas e precisarei voltar, estou com medo, insegura... me sentindo exatamente assim, vontade de me recolher na minha cama e ficar quietinha, esperando que como um passe de mágica as coisas se resolvam, mas sei que não é assim. E o PIOR é que algumas pessoas não compreendem, acham que é frescura, que é falta de fé em Deus, enfim... vai passar como toda crise, mas as vezes me sinto frágil também, mas é ai que vejo o quanto preciso ser forte e corajosa pra enfrentar os desafios da vida e vencer, mesmo que seja difícil, nada é impossível quando temos esperança e fé. Você está certíssima em se cuidar, parar, sentir o que seu corpo pede e dar essa atenção, se a gente não faz isso, ninguém mais pode fazer. Boa sorte e força pra nós! (desculpe o texto imenso)

    ResponderExcluir

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...