4.2.14

Corra Grazi, Corra: Essa coisa chamada paixão

santinho
Eu e minha medalha. Feito criança no Natal!

Sábado, 25 de janeiro de 2014, foi o dia da minha estreia oficial no mundo da corrida. Oficial porque foi a primeira prova da qual eu participei.
Quem me conhece e acompanhou de perto minhas transformações sabe o tamanho da importância que isso teve para mim. Correr era um troço que eu sempre quis fazer. Achava lindo aquele negócio de gente que acorda com o sol nascendo para correr antes de trabalhar. Achava coisa de gente evoluída.
Tentei algumas vezes e desisti, pois meu sedentarismo não me permitia mais do que 2 minutos desengonçados de corrida. Sentia como se fosse morrer se desse mais um passo.

2 3 5
Onde eu vou eu corro: louca das endorfinas pelas pedras em Punta de Diablo, no Uruguai, com o sol se pondo as nove da noite em Cabo Polônio (também no Uruguai) e quase morrendo no calor de Curitiba.

Mas no meio dessa revolução que se instaurou na minha vida desde que eu decidi ser forte e saudável, apareceu mais uma vez o bichinho que queria sair correndo. Porém dessa vez, a Graziela era outra. Essa Graziela nova é meio metida e acredita que pode fazer qualquer coisa que quiser nesta vida, basta ter vontade, foco e disciplina.
E lá fui eu, dando meus trotinhos e quase morrendo para completar 1 km sem caminhar. Depois chegando nos 2. Nos 3. Nos 4 km sem morrer. Nos 5 em menos de 40 minutos. Nos 6, nos 7, nos 8… E cada pedacinho de chão que eu acrescentava no meu treino era uma vitória tão grande e tão querida que foi fazendo com que eu me sentisse a pessoa mais incrível do mundo. Cada objetivo que eu traçava e alcançava me fazia ter vontade de me dar um abraço. De tanto orgulho que eu sinto dessas minhas conquistas.

4 1
Leitura de corredora e selfie no espelho de tão orgulhosa que estava ao correr 7 km na noite de Natal

Correr me fez perder o medo. Me fez descobrir uma relação muito bacana comigo. Me fez uma mulher maravilha. Linda, forte, decidida e capaz de tudo.
Me sinto tão super-pessoa que minha decisão de ano novo foi que em 2014 eu vou correr uma maratona. 42 km.
Virginiana que sou, desenvolvi um método para transformar a jornada em algo objetivo: escolhi algumas provas durante o ano para participar, sempre dobrando a distância e com um tempo entre elas para me preparar. Assim eu treino focada em metas alcançáveis até chegar ao ponto máximo.

6 7
Ana, minha amiga e parceira de corrida e o novo cantinho em casa para as futuras medalhas

Comecei no dia 25 com uma prova de 5km. Como eu não sei brincar, foram 5km na areia, com trecho em dunas e areia fofa. E como a vida gosta de apimentar minhas invenções, mandou uma chuva e um ventão no dia da corrida. Foram os 35 minutos mais incríveis dos últimos tempos. Chorei na largada e passei por aquela coisa toda de rever mentalmente minha trajetória até aqui. Senti como se tivesse numa final de copa do mundo, num jogo de clássico. A mesma força e energia. Só que o camisa 10 era eu. Foi lindo, foi intenso, foi legítimo e foi merecido.
E aprendi que essa é a beleza do esporte: a paixão. Outro dia, li uma crônica que dizia que se você perguntar para um corredor desses tipo eu - da turma amadora - depois de uma prova quem chegou na frente, ele provavelmente não vai saber. Mas se você perguntar quanto tempo o seu parceiro de corrida fez, ou quantos minutos a menos ele conseguiu em relação a última vez que participou, ele vai saber. Na corrida as vitórias são pessoais, a gente vence os próprios limites. Então todo mundo acaba torcendo por todo mundo. Porque não importa quem chegou na frente. Importa que todo mundo chegou. E tentando fazer o seu melhor.
Minha dica é: encontre o que te dá prazer. O que te faz sentir incrível e poderosa. Um corpo bonito e saudável vem de brinde com um monte de endorfinas e alegrias. Aqui e aqui tem um pouquinho do meu processo de transformação.
Beijinho.

grazi modernas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...