6.12.13

Descanse em paz, Nelson Mandela, grande pacificador e ícone na luta contra as desigualdades sociais

Imagem: Guardian 

Mandela tinha 95 anos e há muito lutava contra doenças decorrentes do período em que permaneceu preso por conta de sua luta contra o Apartheid, regime de segregação racial que imperou durante décadas no seu país, a África do Sul.
Símbolo da reconciliação e do perdão, Nelson Mandela foi eleito como primeiro presidente negro da África do Sul, após longos 27 anos de prisão -
ele era o prisioneiro 46664.
Em 1993, ele recebeu o Prêmio Nobel da Paz, pelos esforços a favor da igualdade.
Há alguns meses, ele lutava contra uma infecção hospitalar mas não resistiu. Ontem o mundo perdeu um dos maiores lutadores pela paz.

Ainda adolescente assisti o filme O poder de um jovem (1992), que falava sobre a questão do Apartheid na África do Sul sob o ponto de vista de um garoto branco sul-africano conhecido como PK, interpretado por Stephen Dorff, descendente de inglês que sofre com o ódio de outros brancos: os afrikaners, descendentes de holandeses, franceses e alemães que residiam na África do Sul e superando todos os preconceitos e obstáculos, o menino cresce e é treinado por, interpretado por Morgan Freeman, tornando-se um campeão de boxe. Ao defender os direitos dos negros, o rapaz faz da sua história um exemplo de vida e de coragem.
Nunca esqueci este filme e nos meus 10 anos de docência em disciplinas sobre psicologia e comportamento usei ele inúmeras vezes para discutir com meus alunos a questão da intolerância e do preconceito. 
Eu, cuja melhor amiga de infância e adolescência era uma menina negra, linda, inteligente, talentosa e querida que fazia balé comigo, chamada Magda (saudades dela - a vida nos separou pois fomos para faculdades diferentes: hoje ela é formada em Educação Física e uma excelente professora de dança!) e que sempre aprendi com meus pais a não julgar os outros por causa da cor da pele, ficava absurdamente horrorizada ao saber que na África do Sul havia banheiros que pessoas negras não podiam usar, praias que não podiam frequentar e que viviam na pobreza em seu próprio país enquanto uma minoria branca tinha de tudo.
Esse post, é uma singela homenagem de quem admira Mandela por sua garra, luta e determinação.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...