18.11.13

Diabetes: tipos, causas e tratamento

Imagem: Google
Olá, garotas!  Normalmente posto assuntos relacionados à estética, mas como no último dia 14 foi o dia mundial do diabetes, eu não poderia deixar de abordar este assunto. 
O diabetes é uma doença crônica representada pelo aumento do nível de açúcar  no sangue (hiperglicemia). 
O tipo 2 é também chamado de diabetes não insulinodependente ou diabetes do adulto e corresponde a 90% dos casos de diabetes. Ocorre geralmente em pessoas obesas com mais de 40 anos de idade, embora na atualidade apresenta-se em maior frequência em jovens, em virtude de maus hábitos alimentares, sedentarismo e stress. Neste tipo de diabetes encontra-se a presença do hormônio responsável pela regulação dos níveis de açúcar no sangue, a insulina, porém sua ação é dificultada, o que é conhecido como resistência insulínica. Por ser pouco sintomática o diabetes na maioria das vezes permanece por muitos anos sem diagnóstico e sem tratamento o que favorece a ocorrência de suas complicações.  
Já o diabetes tipo 1 aparece quando o organismo produz pouco ou não produz  insulina. Pode aparecer em qualquer idade, porém é mais comum em crianças e adolescentes até os 14 anos. Nos últimos anos, o número de crianças portadoras de diabetes tipo 1 vem crescendo, e o tipo 2, que era comum em adultos obesos,  aumentou entre as crianças devido à  falta de atividade física e alimentação inadequada. 
Os sintomas mais comuns do diabetes são: muita sede, rápida perda de peso, muita fome, cansaço inexplicável, grande vontade de urinar, dificuldade para cicatrização, infecções frequentes, visão embaçada, tonturas e falta de concentração. Não é necessário ter todos os sintomas para se desconfiar da doença. Em muitos casos está associada a níveis elevados de pressão arterial e do LDL (o colesterol ruim).  
A Diabetes Mellitus está entre as cinco doenças que mais matam, chegando cada vez mais ao topo da lista. Embora ainda não haja uma cura definitiva, há tratamentos que podem melhorar a qualidade de vida. Em geral, independente do tipo, o controle alimentar e a prática de atividades físicas, são fundamentais para manter os níveis de glicose e o peso adequados e evitar possíveis complicações da doença.  
Para mais dicas, dúvidas ou sugestões visitem meu Instagram: @loucaporcosmeticos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...