27.11.12

Animais de estimação: razões para optar pela adoção


46380_297432247035727_1836312273_nImagem: Facebook

Minha vizinha me chamou hoje pra mostrar a nova "aquisição" da casa: o Bolota! Sim, um Bernese das Montanhas, super de acordo com a região tropical que vivemos (não, péra!). Com o tempo e maturidade, aprendi a não julgar tanto quem compra um cão. Penso que é apenas ignorância - de ignorar - sobre a quantidade de cães que precisam de um lar e todas as outras consequências desse ato, por mais que a intenção seja a mais pura. Essa consciência vem com o tempo e com o desenvolvimento do país. Uma outra consequência desta ignorância é "adquirir" cães sem estudar o mínimo sobre a raça, como é o caso dessa minha vizinha, que optou por um cão totalmente fora de acordo com a região e com a situação da família (quintal pequeno, criança pequena e cães enormes) - o que só traz sofrimento pro animal. Fora o que eu não sei sobre o cão – e talvez nem eles -, sua procedência, mãe, pai, condição do canil, se é um canil certificado ou fundo de quintal etc.

Enfim, fiquei aqui pensando no poder da mídia nesse caso. Ela comprou o Bolota. Ela comprou o cão da propaganda das Havaianas pois a neta queria esse. A menina é apenas uma criança, mas os pais se deixarem levar por isso? E me pergunto: e se na propaganda fosse um vira-latas "qualquer"? E por que a marca não usa a propaganda pra fazer uma boa ação, mostrando que um cachorro sem raça definida é qualificado para uma família brasileira (inclusive fisicamente), como no caso da Sofia e sua irmã da propaganda da Panvel? Quantos Bolotas vão ser comprados agora pra esse calorão do Brasil, enquanto os viras, de pelagem curta, selecionados naturalmente pra viver no nosso clima, são ignorados? Quantos Bolotas vão ser abandonados daqui um, dois anos? Pense sobre isso.

Pense muito ao decidir ter um cão ou um gato e, imploro, que opte pela adoção. Imploro por todas as protetoras que sofrem todos os dias, com inúmeros animais resgatados, gastando todo seu tempo, dinheiro e energia nisso. Imploro pela sua cidade, que vai ficar bonita e limpa. Imploro mais ainda por cada ser que está aí nas ruas, sofrendo, com frio, fome, sede, sem o amor que você está pronta para dar. Imploro por aqueles que estão em canis lotados, esperando para, talvez, serem adotados. Imploro por aqueles que estão confinados em pequenas gaiolas pra reprodução, presos em correntes minúsculas. Se coloque no lugar desse ser. Coloque o cão ou gato que você ama no lugar desse outro e pense. Pense muito, reflita, sinta por ele. Faça algo por ele, só sentir dó não ajuda em nada! 558217_500495386633262_1886674463_n
Imagem: Onca
 
Algumas razões para não comprar animais:
Quando você compra um filhote fofo, está indiretamente ajudando a escravizar um animal, pois a fêmea é obrigada a ter cria por várias vezes, o que pode gerar sérios problemas de saúde física e psicológica. Várias são maltratadas, vivendo em pequenas gaiolas sujas, e só servem para ter os filhotes que logo serão vendidos. Depois de velhas, são descartadas, assim como os filhotes com defeitos ou não vendidos.

 Quem compra um animal, está comprando uma amizade que não tem preço. Ninguém pode comprar sentimentos. E conquistar um animal que já sofreu com a vida, é uma dádiva, um presente.
 Comprar animais é apoiar criadores que, em sua grande maioria, não dão a mínima para o bem estar dos mesmos, os tratando como mercadoria.

Algumas razões para adotar animais:
 Quando adotamos um animal de rua, estamos salvando sua vida, estamos lhe garantindo um direito de viver dignamente, estamos lhe dando uma vida segura e garantindo muitos anos de vida felizes ao praticarmos a guarda responsável.
 Sua cidade agradece: cada cão ou gato adotado, um menos nas ruas.
♥ Você vai fazer com que o gigolô de animais, vulgo criador de fundo de quintal (a maioria), arrume um trabalho de verdade e não fique ganhando alguns reais com a vida torturante de animais.

Tem algo mais importante dessa vida que ter o PODER de salvar uma vida? Todos temos esse poder, só basta saber usar.

(Texto inspirado no de Daniella Souza)


307085_10150309555993073_1720357801_nImagem: Projeto Single Dog

Alguém quer adotar esse aí em cima?
Prefiro você assim, Cauã, numa propaganda com uma causa justa e mostrando o que uma bela mistura de raças pode gerar! ;)

“Sem raça definida somos todos nós!”


65 comentários:

  1. muito lindo o texto... mas sinceramente. não me tocou nem um pouco.... desculpe!

    qdo tiver minha casa eu e meu namorado pensamos em ter um buldogue, e obvio que iremos tê-lo sem peso algum na consciência....

    acho que falta muito tolerância dos "tais pseudos protetores"... vivemos em um país democrático de direito, na qual todos temos o direito de fazer as nossas escolhas , e se vc não concorda SE LIMITE A FICAR CALADO E RESPEITAR A ESCOLHA ALHEIA!!!!

    Somente para exemplificar: acho insuportável essa "lição de moral" q os protetores dão... mas nem por isso fico alardeando e tacando pedras em quem pensa tão pequeno como eles.... somente escrevi isso agora pq tomei as dores da senhora que foi criticada por comprar um presente para sua neta.... affff... me poupe uma atitude tão bonita ser criticada.... affff.

    E a tolerância, cadê?????

    Tolerância é um termo que vem do latim "tolerare" que significa "suportar", "aceitar". A tolerância é o ato de indulgência perante algo que não se quer ou que não se pode impedir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a tolerância, cadê? E a responsabilidade, humanidade, amor, compaixão por todas as criaturas de Deus que precisam de ajuda, cadê? E a consciência de se pesquisar sobre uma raça e respeitar seus limites, particularidades antes de querer um cãozinho da moda, cadê??

      Moro em apto e qdo tiver minha casa, eu quero ter um Golden e sabe o que já vi? Dezenas de Goldens abandonados nas estradas da morte (locais de descarte de animais por criadores e donos que não querem mais seus cãezinhos de raça problemáticos, caros, cagões, etc como a Estrada do Alvarenga aqui em São Paulo, balsa para Ilha do Bororé no extremo sul de SP).

      Sabe o que farei? Adotarei... um coitado que foi abandonado pelo seu "criador", pois não servia mais para procriar, gerar R$. Adotarei, pois um dono FDP, não queria mais limpar o cocozão ou não pensou nas despesas que um cão de grande porte, peludo teria.

      Adoro York... acho fofinhos, lindos, sempre quis ter um e sabe com o que me deparei, em um dia pesquisando na internet? Uma linda York, com menos de 1 ano que tinha sido deixada para ser sacrificada no veterinário pelo criador, pois desenvolveu um tumor de mama (operável e curável), mas não serviria mais como matriz... já tinha dado uma cria.
      Graças a Deus ela não foi sacrificada, acabou indo para o abrigo da Marta (uma protetora conhecida em SP), ela foi operada e adotada.

      Sabe o que eu fiz? Fiquei feliz e me "toquei" e se no futuro tiver oportunidade de adotar um de raça, o farei pela motivação de estar salvando uma vida que foi descartada por FDPs sem coração, por lixos da humanidade.

      E hoje tenho uma linda SRD, adotada, pois sempre quis ter um amigo fiel e não "andar na moda".

      Não sou protetora, mas defendo qualquer forma de proteção animal.

      Excluir
    2. Oi Marcela, uma pena que nao tenha te tocado! Pelo visto vc já teve alguma desavença com alguma protetora e algumas são muito radicais mesmo. Mas nao acho lindo comprar um cão pra sofrer, sem estudar sobre a raça. E uma criança ficaria feliz com qualquer cão pois nao tem esse tipo de elitismo ao escolher um, apenas o desejo que o marketing colocou nela. Aposto que muitas crianças tb querem "Sofias" por aí ;) Quanto ao buldogue, estude bem, pois é uma raça extremamente difícil, muito modificada geneticamente, com vários problemas de saude por causa do fucinho bronquifaceo (morre com uns 8 anos) e problemas comportamentais tb. Se for fazê-lo, pague cerca de 2 mil pra cima, de um criador legal, para nao gastar mais ainda. Ou procure para adoção, tem muitos!!!

      Excluir
    3. Quanto ao comentário mais rude, exatamente por ser democrático, expus minha opinião com respeito e argumentação e aprendi a ser tolerante tb. E qdo for pra defender esses anjos, seja de raça ou nao, ensinar o que aprendi na pratica da proteção animal e como mae de 5 viras, perdendo todos esses preconceitos e amando o animal pelo que ele é, eu nao me limito a ficar calada nao, mas sempre com respeito, como disse acima. Obrigada!

      Excluir
    4. esse rude é para mim????? Espero que não pq em momento algum fui rude!

      Oi Mari,

      Desavença eu não tive, mas faço questão de me explicar: minha melhor amiga é protetora FERVOROSA de cães abandonados (paula cavalieri, vive fazendo campanha no facebook para conseguir doador - atualmente ela está com 10 cães no canil), e por ser minha melhor amiga fico sabendo de coisas horríveis sobre os "pseudos - protetores" (QUERO DEIXAR CLARO QUE NÃO ME REFIRO A NINGUÉM DAQUI, OK!).

      Tem uma senhora, Dona Graça (já até apareceu na record pedindo doação), muito boa, que doa sua vida e dinheiro para cuidar dos cães (ela é diarista, e o pouco que ganha vai todo para os bichos), ao todo ela tem mais de 54 cães em um canil. Como o que ela ganha é muito pouco para sustentar tantas bocas, ela sobrevive também de doações. Minha colega (Paula) sempre faz campanha (face) para arrecadar dimdim para esses cães e SEMPRE ela coloca a conta da Dona Graça para recebimento dos valores, O QUE É O CORRETO. Entretanto, como a maldade do ser humano não tem limite, há pessoas que pedem doações em nome de Dona Graça e pede para depositar na conta da própria pessoa. E, claro, que esse dinheiro não chega até os cachorros.

      Isso é apenas uma das maldades.... poderia ficar aqui o dia todo escrevendo os absurdos que já vi.

      Quero deixar claro que não tenho nada contra a adoção de animais! Muito pelo contrário, semana passada comprei uma rifa para ajudar a castrar 4 dos 10 cachorros que estão no canil da minha amiga, para logo após irem para a adoção!

      Meu sonho é adotar uma criança, como poderia ser contra adotar um cão?

      Mas também não sou hipócrita e arrogante de dizer que todos DEVERIAM adotar uma criança, pq ja tem criança demais no mundo!!! Sinceramente, acho que cada um faz o que quer! Eu vou adotar uma criança, quem quiser colocar mais uma criança no mundo que coloque... eu respeito e entendo opiniões divergentes, mesmo não concordando!

      É obvio que qdo comprar meu cachorrinho procurarei por um lugar sério, não me importa se meu buldogue vai custar 2,3 ou 5 mil.... , graças a deus o preço é o de menos. Quero apenas um cachorrinho com saúde, porém da raça buldogue!

      No mais como citei acima tenho uma amiga que ama os animais, vou tomar a liberdade e deixar o contato dela.

      Paula Cavalieri (paula_cavalieri@hotmail.com) .

      Ela tem facebook se alguém quiser ajudar ela. Atualmente ela e a Carla estão com 10 cachorros, 4 estão para ser castrados por agora para dar tempo de entrar em alguma feira de adoção até o final do ano!

      No mais é o que eu sempre falo para minha amiga: VIVA A DIVERSIDADE! Ainda bem que há pessoas para defender os animais como ela, as crianças como eu (não posso ver uma criança na rua q me dói o coração), o meio ambiente, os idosos, as pessoas com deficiência e por ai vai!

      Excluir
    5. Oi Marcela,

      Achei rude qdo vc disse pra eu ficar calada e não expor minha opinião.

      Concordo com alguns pontos seus e tb quero adotar uma criança em breve, pois sim, acho que já tem muita gente no mundo.

      A diferença é que eu penso em situações locais e globais, além do meu desejo. Talvez seja um defeito pra uns e uma qualidade pra outros. E ao expor minha opinião, eu quero mostrar meu ponto de vista com situações que as pessoas não pensam, apenas fazem.

      Você ter uma amiga protetora, não sei, isso não é uma qualidade sua, e sim da sua amiga. Acho que vc citou ela tantas vezes pra mostrar que vc conhece a causa certo? Mas isso me impressiona mais, pq vc conhece de perto e mesmo assim, nao se importa tanto.

      Sim, fazemos o que está ao nosso alcance, dentro dos nossos limites. E você pode sim melhorar o mundo, passando por cima de um desejo irracional seu. Mas como vc mesmo disse, é uma escolha sim (nunca disse que nao era) e vc é livre (por enquanto) pra fazer o que quiser. Espero que no futura haja leis tanto proibindo a venda de animais, qto limitando o numero de crianças por familia, PELO BEM dos animais e das crianças - e não pra limitar desejos de ninguém.

      Reflita sobre isso um pouco!! Beijos

      Excluir
    6. Primeiramente se vc RELER o texto com ATENÇÃO vai ver que em momento algum mandei você ficar cala e parar de expressar a sua opinião.

      Falei NÃO me referindo a vc e sim falei de um modo geral (volte e releia) e outra não falei aquilo pq vc expôs sua opinião e sim porque ao longo do texto inteiro vc adotou atitudes arrogantes (no sentido literal, por favor, sem forçar a barra), segue exemplo:

      “Com o tempo e maturidade, aprendi a não julgar tanto quem compra um cão.”

      Quem vc pensa que é pra julgar os outros? No mínimo se acha Deus. Né!?????

      No mais.... eu me gabar pq tenho uma amiga q ajuda os animais.... HAHAHAHAHAHAH q pensamento pequeno, hein?! Citei ela várias vezes para mostrar que conheço a causa e NÃO para usa-la como qualidade minha. Foi mau, mas vc forçou a barra agora... não sabe brincar não desce pro play.... isso foi tão absurdo que não vou nem estender... e não por vc e sim pela minha amiga.... VIAJOU NA MAIONESE LEGALLLLLLLLLL...rsrsrsr.... não consigo para d rir... me desculpe!

      DIQUINHA: Há uma grande diferença entre expor uma opinião e IMPOR a sua opinião #ficaadica

      Excluir
    7. O ponto em que quero chegar é: Meu sonho é adotar uma criança, aí eu vou ficar de mimimi com os outros falando que tem criança demais no mundo, ficar desestimulando uma pessoa a realizar um sonho de ter um filho seu?????? MUITO PELO CONTRÁRIO, acho tal atitude arrogante e hipócrita, mesmo não concordando ME RECUSO a desestimular alguém a realizar um sonho (de ter o próprio filho), e muito menos ter a petulância de achar que só o meu ponto de vista está correto. DEMOCRACIA, GENTE!!!!!!!!

      Excluir
    8. "Não Julgueis Para Não Serdes Julgados"

      Excluir
    9. Bom, isso não vai levar a nada, pois vc não está disposta a procurar o entendimento. Julgar todo mundo julga, de Deus ao juiz e vc tb. E eu era muito mais intolerante, mas hoje procuro ouvir, ler, entender e sim, isso é maturidade.

      Enfim, não há mais o que ser dito pra quem não quer "ouvir" :)

      Excluir
    10. Sua petulância não tem limite.... falar que EU julgo os outros, fale de vc, MAS NÃO FALE DE MIM , vc nem me conhece, pra estar fazendo juízo de valor da minha pessoa.... a coisa que eu tenho mais orgulho na minha vida é de NUNCA ter julgado alguém que não seja eu mesma...

      E não é porque eu sou boazinha não e sim porque para mim isso tem haver com caráter, respeito as escolhas alheias, ao próximo, além de estar ligado a berço....

      Acabei de ter noção da sua grande maturidade... meus parabéns!!!!!

      Excluir
    11. OMG! Queira Deus, Buda, Alá ou sei lá mais quem, que esse ser não prolifere sua filosofia de vida num ser... Ainda quer adotar uma criança? Ela vai aprender valores melhores em um abrigo ou até mesmo na rua... Já vi gente que educou seus filhos com esse conceito de "dinheiro não é problema" e hoje reside em um azilo, (lógico que o mais caro que o dinheiro paga, afinal, "dinheiro não é problema")
      #RezandoParaOfimDoMundoEm2012 pq sinto vergonha alheia forte...

      Excluir
    12. ah, e outra, a questão aqui nem de leve passa por julgamento, o ponto não é esse, é puramente falta de noção,além do mais, é brega comprar animais, coisa de gente que gosta de tudo branco e dourado, novo rico e o ignorante que pensa que cão é boneco.
      Compra um tigre, uma meia duzia de macaco um indiozinho e uma criança árabe pra dançar com roupinha de palhaço, afinal se podemos pagar vamos escolher o animalzinho que achamos mais fofo e com a carinha mais estranha para nos alegrar!
      ah, gostaria de me vender um filho seu? to querendo comprar...
      aff...
      OH entidades divinas eu invoco seus poderes pq nesse caso não vejo solução nem com todo clonazepan do mundo!

      #uiNãoMeJULGA!

      Excluir
    13. Gente
      Quero um filho, não vou adotar pq o temperamento pode não ser tão legal então decidi comprar um, a mãe será uma loira de olhos azuis e um narizinho lindo, ela é bem cuidada, o criador dela serve os melhores alimentos, alguns suplementos e faz exercícios e exames constantes com ela, linda, adorei ela, bem submissa, não reclama, não faz barulho, vem de uma família nobre. O pai, a mesma coisa, eles ainda não se conhecem mas selecionei a dedo, essa semana vou levá-lo na casa dela para que meu filho seja perfeitamente produzido nesse período fértil, ela é bem nova, será uma ótima matriz! Mal posso esperar para ver meu filho lindinho correndo pela casa, vou colocar várias fotos no instagram... Vou dar a melhor educação possível, melhores atendimentos, melhor alimentação, dinheiro não é problema!

      *dois meses depois:
      Recebi um e-mail do dono da matriz do meu filho, parece que ela ficou agressiva quando o pai chegou então o dono resolveu sacrificá-la! Ótimo! Já pensou se meu filho herdasse esse comportamento? Ele já mandou trazer outra do exterior, pedi para que dessa vez meu filho seja produzido, estou ficando impaciente. A mãe é bem novinha, teve seu primeiro período fértil mês passado. Meu filho será lindo, até gostaria de adotar mas aqueles do abrigo são crescidos, tem hábitos, e vai que o temperamento não seja bom né?

      *um mês depois
      Nessa semana fui conhecer a mãe do meu filho, que surpresa boa, linda, bem novinha, bem calma. Cheguei lá ela estava no quartinho dela (super limpo) então coloquei uma coleirinha de brilhantes e fui dar uma volta na quadra com ela, ficou toda animada, nunca sai do centro de reprodução super bem equipado. Gostei dela, o pai também chega hoje lá para logo eu poder segurar meu bebezinho, minha vizinha adorou aquela carinha da mãe do meu filho e quer um filho igual ao meu, então assim que o meu nascer, no próximo período fértil dela o criador vai conseguir que ela tenha mais um filho!

      Estou animadíssima!



      PS: Com uma mulher isso seria crime? Calma, é só o relato de uma dona maravilhosa de um buldogue escrevendo em seu diário sobre o processo de compra de seu cão! ufa!!!! (se bem que se fosse com mulher eu jamais seria matriz, minha raça não é pura e minha língua afiada, seria mais fácil alguém na rua me colocar na câmara de gás!)

      Excluir
    14. hahahahhahaha.... amo saber q incomodo os outros.... hahahahahahah

      Excluir
    15. é, a ignorância realmente me incomoda e esse não é privilégio seu, também sinto isso quando meu porteiro lê correspondência dos outros mas, tadinho, ele não sabe, não teve educação...
      Me resta ter pena né?
      Se bem que se eu ensinar a ele que isso implica em várias coisas, ele vai pedir desculpa e vai pensar sobre a consequência desse ato dele, pior são aqueles arrogantes que não se dão ao trabalho de refletir quando recebem ajuda e informação, para esses, recomendo orientação médica, e uma dose diária de humildade.

      Caso não funcione... (eu sou educada, eu sou educada eu sou educada...)

      beijos de luz pra vcs gente!
      #uiNãoMeJULGA!

      Excluir
    16. hehehehehe... enqto vc se estressa eu to só rindo da sua cara... HAHAHAHAH

      Excluir
    17. é isso que os desesperados fazem, conseguem rir da própria desgraça!!

      Estou fazendo até uma boa ação te fazendo rir, sua vida deve precisar disso, tenho pena, geralmente ajudo e faço rir as pessoas por quem sinto pena. A situação deve estar crítica então compre logo o cachorro e faça ele te alegrar e talvez ele também possa te fazer ter um pouco de educação e respeito pelos outros, se ele não o fizer, a vida se encarregará, pode acreditar!

      ps: pena é diferente de stress

      Excluir
    18. Marcela, siga seu conselho "Se limite a ficar calada!"

      Excluir
    19. Marcela tenho dó de você! Sabe aquelas
      Pessoas que vêm ao mundo para podermos saber que somos melhores? Essa é sua função no mundo.... Continue rindo... É só o que sabe fazer de bom #judiacao #umacoitada

      Excluir
  2. Eu concordo em partes com este tipo de atitude e forma de pensamento sobre a adoção.
    Há casos e casos, como você mesma citou há raças como o bernese ou o terranova que são de clima mais frio e necessitam de um espaço muito grande e de passeios constantes. Moro em apartamento e adquiri dois gatos Persas, sim de raça de criador com procedencia e castrados. Criadores Honestos e de procedencia entregam seus animais Castrados!! O motivo por eu ter adquirido um animal de raça? Porque buscava um temperamento- comportamento especifico e que só o persa poderia me atender..Em apartamento gato cantando (sim há gatos cantores castrados) não dá certo, gato muito ativo para iniciantes não dá certo...o que fazer quando um gato começa a roubar comida da pia? Esse tipo de situação é preocupante.
    O que eu vejo muito é gente adotando caes ou gatos e devolvendo o bichinho porque ele não se adaptou, não serviu para a familia, existe dor maior que essa?
    Portanto antes de adquirir qualquer animal a pessoa deve analisar diversos fatores desde ambiente-espaço, estilo de vida entre outros. Não concordo de forma alguma alguem escolher um cão/gato porque viu na propaganda ou no filme isso não dá certo..Mas tambem ao comprar animais de raça a pessoa deve analisar seu temperamento/genetica e o custo para manter o animal..
    Acredito que adquirir animais é coisa séria e deve ser muito bem analisado para que não haja arrependimentos esse é ponto crucial, não adianta vc adotar um vira lata hiperativo ou comprar um border colie purissimo se o seu estilo de vida não acompanha passeios diarios no final vai dar na mesma..
    Acho que o ponto que sempre devemos refletir é a concepção da ideia de analisar as condições financeiras e psicologicas de se ter qualquer bicho de estimação...
    Pois partindo desta ideia não veriamos mais labradores/lhasas/dalmatas/pitbulls e entre outras raças abandonadas e tambem com certeza não veriamos muitos vira-latas abandonados..
    Porque muitos donos se desfazem deles em "matinhos" de beira de estrada pq não se adaptaram e trazem este problema para a sociedade..
    Sou a favor da ideia pense muitop bem antes de adquirir um animal, qualquer animal...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariian, tb concordo em partes com seu ponto de vista pois a maioria dos animais pra adoção são adultos e, adotando de uma protetora responsável, ela lhe dará a opção q será melhor pro seu estilo de vida, evitando devoluções, tão dolorosas para eles mesmo! Mas, como vc disse, se for realmente optar pela compra, que seja de um criador responsável (pouquíssimos), que tratem as matrizes bem e castrem seus filhotes. ;) bjos

      Excluir
  3. Muito legal o post!e eu concordo plenamente!eu tenho 6 todos adotados!Adotar é tdo de bom!beijos

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Anormal, triste e egoísta é não ser tocada com essa triste realidade e se quer cogitar a possibilidade de adoção, antes de se pensar em comprar.
    Estou cansada de ver descartes de criadores FDP, que simplesmente deixam matrizes que não servem mais para morrerem e ainda tem desumanos que alimentam esse comércio. Lamentável...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria dos criadores são do tipo. Caso for comprar, o mínimo que se deve fazer é pesquisar a procedência e pagar caro mesmo! Bjos

      Excluir
  6. Adorei o post Mari! E como em tudo na vida nem todos entendem ou pensam como a gente! Qto ao bulldog ela não sabe da missa a metade - além de tudo que sofrem - no verão eles precisam ficar direto no ar condicionado! O meu sobrinho Louis é um fofo querido lindo mas nem todos são assim.... E os criadores de bull ainda não vi um responsável! O Vittório um bull lindo foi descartado em Porto Alegre por seu criador pois tinha sarna demodécica - foi encontrado por uma protetora embaixo de matos na rua - magro, com crateras de tanto se coçar devido a sarna - Isso pq seu criador viu que ele não prestaria para procriar dai simplesmente descartou.....pra acabar com a gente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu Jet, tb adotado e tb com pedigree, foi colocado no corredor da morte por ser agressivo e ter demodecica. Morreu precocemente por causa da doença, mesmo com todos cuidados. Lamento profundamente pelo que fizeram com ele...

      Excluir
    2. Gente ruim sempre vai existir, agora não é pq uma pessoa errou que todos vão errar.... Isso para mim é exceção e não regra. NÃO VAMOS CONFUNDIR!

      Excluir
  7. Jamais ficaremos calados diante de tanto sofrimento, JAMAIS! O comércio de vidas é algo sui generis, apesar de serem tratados como objetos e produto de lucro. O impacto dessa atividade nota-se pelas ruas, pelos ccz, mas principalmente na quantidade de pessoas envolvidas no resgate, tratamento e doação desses animais. Nenhuma raça garante temperamento e personalidade, posto que nenhum criador firmar em contrato tal absurdo, observe que consta apenas raça e caracteristicas bem básicas. E se o "produto" deles der "defeito", eles aceitam de volta? NUNCA! Comprou agora o problema é seu. É a unica atividade que não tem responsabilidade final! Um sonho para qualquer empresário! E o direito de ESCOLHA da cadela ou gata de ter e criar seus filhotes? a maioria são retirados prematuramente aos 45 dias de vida da fêmea... Aprendi que ÉTICA se tem ou não, não tem como aprender. Uma hora as pessoas evoluem e notam que o comércio de animais é algo tão fútil, cruel e inaceitável como o comércio de seres humanos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vivi, falou e disse ;) Espero sairmos da utopia pra realidade um dia! bjos

      Excluir
  8. Marcela, acho que o post é pertinente, muito relevante a questão de ser desnecessário utilizar coemrcialmente imagem de animais de raça por causa do impacto social que isso pode causar.

    Porém o discurso dos protetores é radical e irreal. Por que? Porque não é porque eu compro um cachorro que por tras dele há uma fêmea, sua mãe, sofrendo com exploração e irmãos sendo descartados. Pode ser somente a cachorra do vizinho com crias que deu uma vez na vida e será somente isso.

    Porém, pode haver como há muitos casos desse tipo de atrocidade. Já falei, atacar o problema de forma generalista não agrega pessoas a causa. É preciso sempre alertar que PODE OCORRER ESSA ATROCIDADE, e que no mínimo a pessoa tenha consciência de verificar se isso ocorre e denunciar caso confirmado.

    Me preocupa o primeiro post de resposta, sobre comprar o buldogue. É um texto em que a pessoa responde e foca somente em não se importar em comprar. como ninguém explica pra ela que PODE ocorrer as atrocidades tidas como unanimidade, se a pessoa entende que isso não é uma unanimidade, ela não toma os protetores como uma fonte de informação não creditável e desconsidera ter o procedimento de se preocupar com possiveis maus tratos e se negar a comprar além de denunciar.

    Ou seja, um discurso radical contribui com a alienação dos que não tem tendência a dar atenção mais profunda aos problemas da exploração e comercio de animais.

    Marcela, se quer comprar seu animal compre, mas se certifique de comprar de um animal de estimação e não de uma máquina de reprodução. Ter canil não é forma de se ganhar a vida. Não é trabalho, é exploração indolente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo, fico feliz com seu comentário e consciência em torno desse mundo e tb concordo que radicalismos nao levam a nada. Aprendi e amadureci muito nesses últimos tempos, dentro deste pensamento. Tenho amigos muito próximos q compraram animais e, obviamente, nao se arrependem pois amam esse animal, mas já estão pensando em adotar o próximo, exatamente por amarem animais e estão comparando o seu cão com o de rua e vendo que são seres que merece a mesma chance! Beijos

      Excluir
    2. Pode deixar que tomarei todo o cuidado na hora da compra! Acredito que deva existir sim um canil aonde os cães são tratados com amor, e será lá pegarei meu homer!

      Só respondendo sua pergunta: "Porém o discurso dos protetores é radical e irreal. Por que?"

      Eu acho que tem muito mimimi... deixa eu explicar:

      Como eu disse no comentário acima (respondendo a Mari): VIVA A DIVERSIDADE! Eu tenho um sonho: adotar uma criança (isso é tão importante para mim que com 1 mês de namoro já contei para o meu namorado desse desejo e graças a depois depois de 2 anos ele finalmente aceitou). Eu amo criança e como tal, nada mais óbvio, que eu apoiar causas de crianças. Minha melhor amiga ama cachorro, como já dito, ela faz um trabalho maravilhoso aqui em BH com cachorros de rua.

      O ponto em que quero chegar é: Meu sonho é adotar uma criança, aí eu vou ficar de mimimi com os outros falando que tem criança demais no mundo, ficar desestimulando uma pessoa a realizar um sonho de ter um filho seu?????? MUITO PELO CONTRÁRIO, acho tal atitude arrogante e hipócrita, mesmo não concordando ME RECUSO a desestimular alguém a realizar um sonho (de ter o próprio filho), e muito menos ter a petulância de achar que só o meu ponto de vista está correto. DEMOCRACIA, GENTE!!!!!!!!

      No mais obrigada pelo conselho!

      Excluir
    3. Tenho certeza que você não procuraria adotar uma criança vinda de um sistema de roubo de crianças. Também acho que temos o direito de fazer o que acreditamos, mas que eliminemos a possibilidade disso acontecer as custas de sofrimento e irresponsabilidade, para animais ou para humanos.

      Excluir
  9. Mari, querida... estamos aqui pra mostrar a realidade, cabe a quem lê querer ver ou não... às vezes é mais fácil viver em um mundinho fechado, colorido e acreditando q é tudo perfeito. Cães (qqr animal) deveriam ser tratados como seres vivos e não como presentes, mercadorias dadas aos filhos, netos, namorados... pq o presente é descartável, enqto uma vida não...
    Qd eu era criança, sempre pedi pra minha mãe para ter um cão e ela sempre me disse q o dia q eu me tornasse uma pessoa responsável, poderia ter um... aos 23 anos eu acabei comprando um poodle micro toy, sim, comprando... pq queria muito ter um cão pequeno q eu pudesse levar comigo nas viagens q eu fazia do RS pra cá... isso que na época eu já alimentava cães de rua e até mesmo fazia alguns resgates.... enfim, meu micro toy virou um "monster toy" com 13quilos. Está comigo até hj, com 15 anos, bem velhinho, mas muito amado... só que isso são exceções... geralmente qd alguém "compra" uma vida e acaba vendo que não era aquilo que queria, ela descarta, como objeto sem utilidade.
    Qts Marleys foram comprados após o filme Marley e eu???? E qts foram resgatados??? Eu mesma, já perdi a conta... as pessoas que ainda não possuem essa consciência de adoção e não de compra, precisariam sair de suas tocas e verem melhor o mundo, ver como ele é exatamente... cães de raça sendo jogados no lixão, sendo amarrados em postes, sendo jogados pra fora do portão de casa, pelas janelas dos carros nas BRs da vida... antigamente se via vira-latas nas ruas, hj, se vê de tudo qt é raça... poodles têm as pencas, cocokers, labradores, pitt bulls, rotts, akitas, chow chows, pinschers, linguicinhas... enfim, diga a raça q vc quer comprar q eu te consigo ela "de graça"... pois estes tbm estão nas ruas, abandonados, sofrendo, adoecendo simplesmente pelo fato de pessoas acharem q o dinheiro pode comprar tudo.
    Não sou e nem quero ser melhor do que ninguém, mas enqto houver gente q pense q bicho é mercadoria, vai haver o gigolô que quer ganhar dinheiro fácil, vendendo suas crias, muitas doentes, sem terem sido amamentandas pelo período certo, sendo vacinadas (qd vacinadas) com um lixo de vacina. São raros os canis que fazem um trabalho de respeito e digno. Já que querem comprar, paguem o preço q realmente vale um cão bem tratado em um canil registrado... o problema é q as pessoas querem "comprar" uma raça pagando baratinho e como sempre, o barato sai caro...
    Evolução, as pessoas precisam evoluir, mas isso toma tempo, talvez não seja nem nessa vida, mas cabe a nós, mostrar o caminho.
    Visitem abrigos, canis, vejam mais fotos dos animais (de raça) resgatados de canis clandestinos e vejam se é com isso que vcs querem compactuar... é normal termos tendências de gostar mais de um tipo de cão do que de outro, mas ver o sofrimento a que eles são submetidos e não se compadecer, é pq não se tem amor e nem respeito pelo animal, nem digo por nós, protetoras loucas, mas por eles... literalmente eu tô que nem o cavalo do 7 de Setembro pra quem pensa q sou radical, gostaria apenas q ela sentisse na pele a dor, o medo, o sofrimento, a fome e o frio que eles sentem, indiferente de raça, cor, tamanho...

    ResponderExcluir
  10. Continuando...
    Mari, vc lembra da Sabrina??? A Buldog Francesa que Lilian e eu resgatamos do morro aqui de Floripa??? Ela era de um canil do Rio de Janeiro, tinha até o registro do pedigree, estava sendo posta pra tirar crias e mais crias pra patrocinar o FDP q não queria trabalhar, que queria ter vida boa... Sabrina estava com seu útero perfurado, não levantou por 3 dias, evacuava e vomitava sangue, teve um olho furado... uma linda cadela de raça e pedigree... que foi comprada e repassada, até quando soubemos do caso e a pegamos... Rio de Janeiro - Florianópolis... dor, fome, doente... de raça... então, não há como respeitar quem insiste em viver no seu mundinho colorido e que quer comprar seu bichinho de estimação, pois em 90% dos casos, o comprado vai parar nas ruas, sofrendo...
    Fica a dica, comecem a olhar com outros olhos um vira lata na rua, um cão de raça na rua... não pensem que porque ele está de coleira, tem dono, muitos são abandonados até de roupinha... muitas pessoas são cruéis, egoístas, mesquinhas... mas quem realmente gosta de cão, indiferente da raça dele, vai entender o sofrimento que é viver nas ruas, pois nenhum deles aparece ali do nada, são colocados ali por pessoas irresponsáveis e inconsequentes.
    Cães de raça ou SRDs, ou mix, indiferente disso, merecem respeito e cuidados pelo simples fato deles serem seres vivos. Qqr tipo de ser vivo merece isso!!!!
    Priscila Fernandes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belo texto, belas palavras Pri!

      Excluir
    2. Pri, vc é um exemplo de ser humano pra mim. Sem mais. :) ♥

      Excluir
  11. Qta falta de respeito heim Marcela!!!
    Respeito e amor ñ existe em seu dicionário né ?!...q pena!!!...é muita frieza pra uma pessoa...coitada!

    Parabéns Mari!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Lindo, adorei!!!
    ADOTAR É TUDO DE BOM MESSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSMOOOO!!!
    Faz bem pro coração, mente e espírito... tenho 5 adotados ( inclusive 1, o Pezinho c/ a perninha direita amputada, amo muito todas 5 e sou muuuuuuuuuuuito mais feliz agora!

    OBS: Pra Marcela e outros coitados como ela,
    AMIGO Ñ TEM RAÇA E Ñ SE COMPRA,
    AMIGO SE CONQUISTA!!!
    Ui tá loco...fico doida com esse "tipo" de pessoa (só ocupa espaço).

    Bjos Mari!!!
    Dou a maior força p as suas campanhas e incentivos a adoção!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc puder me falar aonde que faltei com o respeito?

      Vc não concordar com minha opinião é uma coisa, mas falar que eu faltei o respeito, é outra coisa!!!! ME APONTE AONDE FALTEI COM O RESPEITO!

      Excluir
    2. Vç faltou com respeito em seu comentário desnecessário!!!!

      Um post tão lindo e educativo ñ precisava de de um comentário tão desagrádavel como o seu!

      Vç causou embrulho no estômago de todos!

      "Se vç ñ tem algo de bom pra dizer então fique calada".

      Vç pode retrucar a vontade minha resposta (resposta que vç pediu) ñ vou ficar aqui perdendo meu tempo com vç...pau que nasce torto morre torto...só sinto pena!!!

      Já passaram seus 15 minutos de fama viu!!!

      Adiós.

      Excluir
  12. Post lindo, verdadeiro e inteligente.
    Acho que é, no mínimo, degradante reduzir um ser vivo à um objeto comprável, independente de qual ser, mas a distorção de valores reflete nessa sociedade louca que vivemos. E se alguém pensa "é só um cachorro" me vem na hora à cabeça que enquanto o homem não enxergar que ele é parte da natureza e não o dono dela as coisas só tendem à piorar...
    Nunca tinha pensado em ter responsabilidade por nenhum ser, seja um cão, um filho ou peixinho dourado, até que o Buga entrou em minha vida, ele é um cão que uma protetora encontrou por aí. Sempre que me perguntam qual a raça dele eu respondo que ele é igual a mim, uma mistura de raças, e isso nos torna únicos.
    Eu diria para todos que acham normal comprar um ser vivo que comprem um boneco, esse sim pode ser comprado e vem até com etiquetinha costurada para provar a marca, a origem, e assim garantir a todos o valor que custou seu amigo.
    Deixando de lado a parte podre dos criadores, eu, visando garantir minha sanidade mental, prefiro acreditar que comprar um ser vivo seja só uma questão de falta de conhecimento de causa, ignorância e só, e que as pessoas que enxergam a compra como inocente ou uma questão de escolha nunca passem por uma situação em que à vida e dignidade sejam reduzidas ao mercado de compra e venda, pois enxergarão como é horrível ser trocado por dinheiro.
    Enfim... Parabéns Mari, é bom ver que ainda tem gente inteligente no mundo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, a maioria é falta de informação mesmo. E se eu tocar uma pessoa com esse post, já valeu a pena! Bjs

      Excluir
  13. Concordo! Independente da raça, o amor e carinho do animal será o mesmo. Comprar animais é contribuir com um mercado obscuro e incerto, já ouvi horrores sobre criadouros.

    Adorei o post.

    Beijos.

    http://ccarlaoliveira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses dias eu li algo assim: "Quero um cão mini, sem rabo, que seja limpinho, treinado, peludo, de cor clara, blablabla." "Você realmente GOSTA de cachorros?" :P Bjos

      Excluir
  14. Mari, sua linda. Ótimo post.
    Tenho duas cachorras e um gato adotados, um amor incondicional, até minha filha de 1 ano e meio é apaixonada pelo "nhou" e pelos "auau" ( na língua dela, rs).
    Ativismo não é fácil mesmo, mas o mais difícil é ser "elegante" como vc foi...
    bjão

    ResponderExcluir
  15. Ahahah obrigada!

    Crianças com dogs são tudo e esse é o tema do próximo post ;) Bjos

    ResponderExcluir
  16. Oi Mari, adorei o post :) Adotar é tudo de bom!!! Acabei de adotar um gatinho e estou louca para adotar mais um :) beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi no seu cel o fofuxo e seu jeito de mãe de coruja hahaha é muito amor mesmo!!! transborda!! adote mesmo, pois gatos adoram um irmãozinho, dizem que dão menos trabalho qdo sao em dois, pois brincam sozinhos e fazem cia um pro outro ;) Bjos

      Excluir
  17. Mari, sempre leio o blog e estou MUITO feliz em ver esse tipo de assunto sendo abordado. Tenho 18 anos, moro no Rio, e resgato animais de rua com a minha mãe. Ela agora possui uma ONG que ajuda animais carentes, com um abrigo com mais de 300 cães e gatos e mais de 100 bichos distribuídos em lares temporários, minha casa, hospedagens, sítios... Vemos diariamente histórias horríveis e situações chocantes, e me sentia muito sozinha e impotente ao tentar conscientizar as pessoas sobre a realidade. Ninguém entende o que é ou se preocupa com um canil de fundo de quintal, ninguém pensa que, ao cruzar seu cão com outro, irá ser responsável pela vida de mais vários filhotes, e que grande parte destes, vão SIM, parar na rua no futuro, ao serem dados para empregados ou pessoas que não querem ou não têm como cuidar adequadamente, ficando soltos em comunidades onde procriam, procriam, procriam... E no final de 6 anos uma única fêmea gera mais de 40 mil filhotes. As pessoas infelizmente ainda são ignorantes sobre castração, e acham que é uma maldade ou vai ''fazer mal'' ao animal, acham que castrar é errado e desnecessário, quando na verdade evita doenças como cancêr e evita ninhadas indesejadas, que normalmente têm um futuro inadequado. Já resgatei pastores, poodles (o abrigo é CHEIO de poodles e yorkshires), pitbulls, buldogues, salsichas, pugs, labradores... milhares de cães de raça, que foram comprados por alguém com condições de pagar caro nos bichinhos e no final os deixaram desamparados. Já peguei uma salsicha e um vira lata que foram jogados pela janela do carro à minha frente dentro de um túnel, para morrer mesmo. Já salvei gatos de macumbas, cachorros amarrados, totalmente pele e osso, machucados, torturados. Cadelas com ninhadas de 12 filhotes dentro de sacos de lixo, já pulei muros e casas para salvar inúmeros bichos em péssimas condições. Essa realidade me deixa muito frustrada e triste, desacreditada da humanidade, sabe? Então é de imenso alívio e felicidade ver que pessoas como você, que têm seu espaço na mídia, sabem fazer bom uso dele e ajudar, opinar e defender quem não tem voz e não consegue se defender. Então queria dar os parabéns e agradecer, de coração, pela atitude e pela compaixão com os cachorros, gatos, coelhos, cavalos e todos os animais que sofrem e que precisam de pessoas como nós para ajudá-los a ter uma vida boa e digna!
    Obrigada, Mari!
    Um beijo,
    Victoria Gadelha
    victoriampg@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi victoria, fiquei mto feliz em ler seu depoimento. não se sinta sozinha, apesar de não me considerar protetora, tento fazer minha parte (aqui em casa são sempre 5 adotados) mas não com resgates: usando as midias, fazendo cartaz, ajudando as protetoras, doando castrações e o que mais eu puder dentro do limite da minha familia. Enfim, admiro muito pessoas como vc e sua mãe e acredite, o mundo tá mudando, aos poucos as pessoas aprendem, compreendem, educam, e passam o conhecimento pra frente. eu tb já comprei cães e na época nem se falava de adoção, muito menos castração! continue com sua luta por aí, que vou fazendo o que puder por aqui. se com um texto, eu conseguir alertar UMA pessoa, UMA vida, ao menos, será salva, né? espero que consiga! vou tentar deixar um post sobre o tema por semana!

      Beijos!!

      Excluir
  18. Oi Mari,
    Eu tenho 4 cachorros, amo animais! Tenho uma Tibetan Spaniel, um Rottweiler e adotei 2 (sem raça definida).
    É impressionante o sentimento maravilhoso quando adotamos, amo minha bicharada♥ e acredite, muitos já me julgaram quando disse que "adotei".
    Adorei o post, bjokas milll!!!
    www.meninastricoteiras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jacque, nossa, que coisa mais mesquinha essa gente!! Cachorro é tudo de bom, independente de raça ou não!! Beijos

      Excluir
  19. Parabéns! Você escreveu tudo que eu penso e sinto, é uma luta diária e parece que nunca vai terminar, tenho oito cães e cinco gatos todos vira latas que foram resgatados das ruas, hoje estão castrados, vacinados e felizes. Meu sonho de mundo ideal é que cada um fizesse a sua parte e que o abandono e os maus tratos dessem cadeia de verdade. Bjs, te admiro demais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcele, não podemos desistir pq, por mais que parece que estamos enxugando gelo, cada vidinha é preciosa e a gente vê no olhar de cada um em casa!! Bjos

      Excluir

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...