25.9.12

Pedofilia, como evitar: meu novo site, sobre abuso sexual na infância e adolescência





Imagem: Google

No início da década de 80, foi lançado um livro intitulado Nunca Contei a Ninguém, organizado por Ellen Bass e Louise Thornton, que trazia relatos de vítimas de abuso sexual na infância e adolescência. Não li o livro na época (eu tinha uns 12 anos, mais ou menos), mas sim um artigo que falava sobre ele e que foi publicado numa revista feminina, não me recordo ao certo qual, mas acho que foi a Revista Cláudia, mas lembro que já fiquei chocada com os depoimentos da matéria.
Anos depois, quando entrei na UFSC para cursar Psicologia, em 1990, comecei a estudar mais o assunto e percebi que as histórias de abuso sexual que ouvimos por aí são apenas "a ponta do iceberg": segundo dados de 2009 da Unicef "entre 5 e 10% das crianças dos países industrializados são vítimas de abusos sexuais".
Depois que me formei, trabalhei como psicóloga voluntária numa Casa Lar de passagem de meninas que haviam sido retiradas das ruas ou de suas famílias: quase todas haviam sofrido abuso sexual. Era tanta monstruosidade o que aquelas meninas tinham vivido e me contavam com seus desenhos e palavras, que saia de lá com um peso imenso no coração.
Ao longo de 13 anos fui psicóloga clínica, atuando como psicoterapeuta (hoje não atuo mais, por uma decisão pessoal) e ouvi inúmeros relatos de pacientes adultos que sofreram de abuso sexual na infância ou mesmo crianças que eram minhas pacientes e que, no decorrer da psicoterapia, pude constatar que estavam sendo vítimas de abuso.
Abuso sexual acontece na favela e no bairro classe A, não escolhe cor da pele, religião ou nível de escolaridade. O pedófilo raramente se parece com o "bêbado da esquina" ou "o homem do saco", que nossas mães falavam para nos colocar medo de sair para fora do portão. Ele pode ser o professor que adora crianças, o tio bacana ou o padre bonzinho... Pelo menos é assim que muitos pedófilos parecem ser: pessoas "normais", cordiais e que gostam da companhia de crianças e adolescentes.
E um dos maiores problemas da Pedofilia é o silêncio que cerca o assunto. O Tabu. A vergonha e o medo das vítimas. O "varrer a sujeira para baixo do tapete" como muitas (se não a maioria) das famílias insiste em fazer.
O meu site chamado Pedofilia, como evitar foi criado para discutir o problema do abuso sexual na infância e adolescência e tentar divulgar ao máximo de pessoas que prestar atenção nos sinais de alerta e denunciar os suspeitos pelo número 100 (denúncia anônima) é a melhor forma de tentar combater este mal, que rouba a inocência de milhões de crianças e adolescentes no mundo inteiro.
Fique atenta: o mal pode estar na casa ao lado, na escola ou até mesmo dentro da sua família.
Quebre o silêncio: não deixe uma criança ou adolescente sofrendo sozinho.

Embora eu seja Psicóloga (CRP 12/01422), formada em janeiro de 1995 pela UFSC, o objetivo deste site não é dar aconselhamentos pela Internet (até porque o Conselho Federal de Psicologia proíbe esta prática) e sim falar de Pedofilia com o intuito de informar.

8 comentários:

  1. Parabéns, Shirley! Seu site com certeza vai ajudar muita gente. Te admiro pela iniciativa. Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Apoio a iniciativa. Nós mulheres temos que nos unir contra esse mal, divulgando blogs como esse.
    Vamos lutar contra o tortuoso pensamento mundial e bestial de que as crianças são responsáveis por abusos que sofrem(!).

    ResponderExcluir
  3. Parabéns!
    Parabéns mesmo por mais esse trabalho, Shirley!
    Iniciativas como essa fazem a diferença. Sou testemunha do grande número de pedófilos que se escondem por aí: um artigo que redigi intitulado "Exploração das ninfetas", justamente por conta da palavra "ninfetas" é, de longe, o mais acessado em meu Blog. Está sempre cerca de 10 mil acessos a mais que o segundo colocado! Um absurdo!
    Que os deuses a abençoem por sua inciativa e ampare essas pobres Almas infantis, vítimas da maior violência que um ser humano pode vir a sofrer.
    Beijos,
    lu.
    Aqui, minha denúncia:
    http://lucienefelix.blogspot.com.br/2009/11/exploracao-das-ninfetas-eichmannite-e.html

    ResponderExcluir
  4. Apóio a tua iniciativa Shirley! Temos que nos unir contra toda a maldade que cerca este mundo, e ao menos tentar salvar as nossas crianças! Que Deus te abençoe nesse projeto!

    ResponderExcluir
  5. Adorei a iniciativa. Acho que pode ajudar muita gente. Pode ajudar inclusive futuros psicólogos, com material de qualidade e feito por quem entende. Sugiro inclusive que você abra para depoimentos de vítimas, claro, sem a exposição delas.

    ResponderExcluir
  6. Muito legal Shirley! Parabéns pela iniciativa.
    Beijo,
    Ana

    ResponderExcluir
  7. Olá, Shirley. Vi essa postagem em um blog que desmascara blogueiras desonestas http://blogueirashame.blogspot.com.br/2012/05/spam-do-dia.html

    de cara, já me veio o garotas modernas na cabeça (e pelos comentários, na do resto das leitoras tb). para não ser precipitada, procurei no google se algum outro blog tinha "modernas" como complemento do nome, mas infelizmente não achei. Espero do fundo do meu coração que essa postagem não tenha se referido a este blog aqui, pois é uma tremenda picaretagem vender informações alheias. De qualquer forma, prefiro acreditar que isso não tenha partido de vc. Uma excelente forma de provar seria não deixar de publicar meu comentário e esclarecer o mal entendido (até pq, excluir esse comentário seria um atestado de culpa). Abç

    ResponderExcluir

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...