27.9.12

50 tons mais coloridos

fifty_2336106bImagem: Pinterest

Eu via toda hora no meu instagram fotos e comentários ardorosos sobre o
best seller   “Cinquenta tons de cinza”, mais especificamente sobre um dos protagonistas da história, o Sr. Grey. Ok, também sou dessas de me apaixonar por personagens e deixei a coleção de “Diários de um Vampiro” que estava lendo de lado para ler o tão famoso livro. E me revoltei com ele.
Calma, o livro é ótimo. Devorei ele em quatro ou cinco dias e não conseguia parar de ler. Mas o que me revoltou é o clamor da mulherada para com o Sr. Grey. Ok, ele é lindo, rico, poderoso, aventureiro etc. Mas o cara é bizarro! Bizarro numa profundidade patológica. Claro que ele deve ter seus motivos (alô, próximo livro), mas nada justifica o que ele faz com a pobre personagem de Anastácia. Aí você vão dizer: “Ah, mais ela gosta.” Não, ela não gosta. Ela está apaixonada, é uma pessoa fraca, uma menina inexperiente que deixa se levar por alguém que diz também estar apaixonado por ela, mas que só prejudica a pobre coitada. É o clássico conto de fadas, onde o “herói” é forte, bonito e esperto e a tola mocinha virgem, com uma vidinha mais ou menos, fica à espera dele 24h por dia, com sua vida inteira controlada (mesmo ele dizendo que ela que tem o poder – aham!). Sim, tenho dois pés no feminismo. E não estou falando de sexo: o que eles fazem entre quatro paredes, não cabe julgar aqui. O problema é ele levar todo este contexto pra vida toda. E a personagem Ana se pergunta toda hora, quando ela fala com seu “inconsciente”, se isto não está errado, por que ela se humilha tanto etc. Mas ela sempre fraqueja (ah, as mulheres sempre fracas que são) quando houve sua “deusa interior”. Deusa interior é uma ova! Só porque estou apaixonada eu vou ceder à tudo que um homem quer? Por favor...
Pra mim, o Sr. Grey é digno de ser enquadrado na Lei Maria da Penha de tanta violência psicológica (e física) que ele causa à Ana. É daqueles homens que bate num dia e manda flores no outro e a trouxa da mulher aceita esse ciclo vicioso, se concentrando só nas flores, pisando em ovos o dia todo. Por isso, meninas, volto a dizer: não odeio o livro, nem Sr.Grey (tá, só um pouquinho), nem Ana, nem ninguém. Mas é mais do mesmo, a forma machista que o livro retrata a história toda. O que não é surpreendente pois existe aos montes na vida real. O que me surpreendeu foi a mulherada apaixonada pela personagem que dá apenas migalhas à pobre mulher indefesa (outra vez, não estou falando de sexo).
A vida não é só cinza. Nem só cor-de-rosa, né? Existem amarelos, vermelhos, azuis... E o mais triste que eu  vejo no Sr. Grey, é querer afundar sua “amada” Ana nesse cinza, quiçá num preto, dizendo toda hora que isso é amor.
Você já imaginaram se a história trocasse os gêneros? Será que esse livro faria sucesso se um menino de 21 anos, virgem, com uma vidinha mais ou menos, fosse dominado sexual e psicologicamente por uma mulher poderosa e experiente, que diz ama-lo mais que tudo, mas que no fundo só pensa em seu bel prazer?

Como uma boa geminiana, curiosa que só, já vou ler o segundo o livro.
E desde já peço perdão para as Senhoras Greymaníacas (são muitas!!), chamando pra reflexão e não pro ódio :)



Fift-Shades-of-Grey-abuse-009
Imagem: The Guardian

Laters, baby!


11 comentários:

  1. OMG! Tive que comentar pq é exatamente o que eu penso. Como as mulheres podem se apaixonar por ele? O livro é envolvente, gostoso de ler e com uma história, ok!
    Mas... se apaixonar por um personagem assim, coloco em dúvidas o amor próprio!
    Enfim... né? Acho que é mais a mídia que tomou em cima desse livro e todos se dizem cair de amores.

    Eu gostei do livro também, etc...
    Mas tudo no seu lugar né?

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. só corrige o "grAy" por GrEy afinal é o nome do Livro; Grey é cinza em Inglês.

    ResponderExcluir
  3. andrea,

    valeu pelo toque, que gafe! haha ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sem problemas!
      A proposito, gostei do texto!!!! = )

      Excluir
  4. Camila,

    Ufa! Alguém que concorda comigo... haha Bjos

    ResponderExcluir
  5. Espera pra ler o 2... Realmente ele é apaixonante...
    Eu li o 2 livros em 3 dias... Já fiz a pré compra do terceiro.... (É um vício)
    No incio fiquei meio revoltada com ela querer fazer todas aquelas coisas... Mas no decorrer da historia, fui mudando de visao...
    Além do mais, um pouco de "maldade" (digamos assim) não faz mal a ngm..
    Estou no aguardo do filme pra ver se esse Christian Grey tem haver com o Grey de cada uma que leu o livro...

    ResponderExcluir
  6. Estou lendo o seguindo e estou achando terrivelmente machista! Acho a Ana uma chata e não me conformo que este livro foi escrito por uma mulher!
    A vida toda dela é controlada e por mais que ela revire os olhos sempre acaba arrumando uma desculpa para o Grey ser assim, fora que ele é um homem "extraordinário" e a Anastácia parece ter sido escolhida como "a eleita" por ser a virgem, boba e servil dos contos de fadas da Disney.
    Fico sentindo que só as sonsas tem vez!
    A mocinha não tem nada mais importante do que agradar o mocinho de todas as formas e se culpa por não suportar tudo, ela é tão irreal que chega a me dar nos nervos!

    ResponderExcluir
  7. Queria ver se ele fosse pobretão se iria rolar toda essa comoção! Livro da qualidade dos vendidos na banca de jornal (Julia, Sabrina etc) a única diferença é que neste livro o "mocinho" tem um gosto diferente para o sexo, enquanto nos "Sabrinas" da vida, rolava sexo baunilha... nada demais!
    O q me deixa pasma é q o povo quase não lê e qdo lê escolhe um tipo de livro totalmente sem substância... pronto falei!

    ResponderExcluir
  8. Concordo com a Pat Moreira, o livro é bem ao estilo Sabrina! As diferenças são a mocinha que não tem nada de heroína e as chicotadas.

    ResponderExcluir

Olá,

O GM não modera os comentários, este é um espaço livre para você expressar sua opinião.
Mesmo que eu não consiga responder os comentários imediatamente, leio todos eles assim que chegam no meu e-mail e ADORO saber a opinião de vocês e respondo assim que possível.
Se alguém tiver uma dúvida ou pergunta mais específica, por favor, mande por e-mail para: shirley@garotasmodernas.com que eu respondo com mais rapidez.
Obrigada pela compreensão e pelo comentário!

beijos!

ATENÇÃO: Comentários grosseiros, desrespeitosos, agressivos, preconceituosos ou com divulgação de vendas serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...